Rio Branco, Acre,





‘Noite de sangue’: em poucas horas, três pessoas são assassinadas e três ficam feridas em Rio Branco


A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sesp), informou que, em todos os casos, as forças de segurança conseguiram prender os autores dos crimes

REDAÇÃO CONTILNET

A noite de sexta-feira (25) foi marcada por diversos crimes na capital acreana. Em menos de 5 horas, três pessoas foram assassinadas e outras três sofreram tentativa de homicídio em diferentes bairros.

O presidiário Mateus Melo da Silva, de 20 anos, foi morto a tiros no início da noite. O crime ocorreu na Travessa Antonieta. no bairro Belo Jardim I. Ele cumpria pena em regime de monitoramento eletrônico.

Segundo relatos de testemunhas à polícia, a vítima estava sentada em frente de sua casa quando dois homens em uma motocicleta chegaram. Um dos acusados sacou a arma e começou a atirar contra Mateus, que ainda tentou correr. Atingindo, ele caiu a cerca de uns 20 metros do local onde morava.

Mateus Melo, de 20 anos, foi assassinado/Foto: Reprodução

O segundo atentado ocorreu no loteamento Praia do Amapá e resultou em dois mortos e dois feridos. Segundo testemunhas, homens que trafegavam em carro modelo Fiat Estrada, de cor branca, atiraram contra um grupo de pessoas que estavam na Rua do Futuro. Segundo testemunhas, os acusados teriam descido do carro e continuado a atirar contra as vítimas.

Entre os atingidos pelos disparos estava um menor de 14 anos, além de duas mulheres e Fernando do Nascimento da Silva, que morreu. O menor e as duas mulheres foram levados ao hospital. Uma delas não resistiu e morreu.

Fernando do Nascimento morreu no local e seu corpo foi levado ao IML/Foto: cedida

O terceiro crime ocorreu na rua 11 de Dezembro, no bairro Boa União. A vítima identificada como Sabrina de Oliveira Muniz, de 19 anos, foi baleada na perna enquanto caminhava em via pública com um homem.

Dois criminosos em uma motocicleta se aproximaram e o garupa de posse de uma arma de fogo efetuou vários tiros, e um dos projeteis acertou a jovem na perna. Os casos serão investigados pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Contabilizando, foram registradas uma morte no bairro Canaã durante a tarde, três no bairro Taquari e outras três feridas na mesma ação criminosa já no início da noite desta sexta-feira (25).

Armas e colete apreendidos pela PM foram entregues na Defla/Foto: cedida

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sesp), informou que, em todos os casos, as forças de segurança conseguiram prender os autores dos crimes. Por meio de nota à imprensa, o secretário de Segurança, Paulo Cézar, parabenizou as forças de segurança pelo trabalho desenvolvido em capturar todos os suspeitos envolvidos nos crimes ocorridos na sexta-feira.

Confira a nota na íntegra

O Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública Paulo Cézar Rocha dos Santos, por meio desta publicação oficial, vem a público reconhecer e parabenizar o empenho das forças de segurança, em especial os policiais militares envolvidos na prisão de suspeitos apontados como participantes de crimes contra a vida, ocorridos na região do segundo distrito da capital, durante esta sexta-feira (25).

As ações com repostas rápidas e eficientes vêm fazendo parte do planejamento estratégico da nova gestão, que pretende combater qualquer tipo de crime e devolver a sensação de tranquilidade aos acreanos. A estratégia já tem trazido bons resultados tirando de circulação pessoas em conflito com a lei, armas que seriam usadas na prática de outros crimes e recuperando bens roubados.

Nesta sexta-feira a exemplo, logo após tomarem ciencia dos crimes de homicídio e tentativas ocorridos nos bairros Belo Jardim e Taquari, a Polícia Militar de pronto já iniciou a busca pelos suspeitos e conseguiram prender todos os envolvidos.

Como responsáveis pelo homicídio de Mateus Melo da Silva, ocorrido no bairro Belo Jardim, foram presos Paulo Henrique dos Santos da Silva e Orlando Junior Raulino Lima. Com eles, foram apreendidas duas armas de fogo um colete balístico e uma moto com restrição de roubo.

Já no caso do duplo homicídio e dupla tentativa ocorridos no bairro Taquari, foram presos pela morte de Fernando Nascimento da Silva e Cristine Reis de Souza os suspeitos, Everton de Assis Melo, Gabriel de Souza Lima e Gilcicley Ferreira Monteiro. Foram apreendidos com eles, quatro armas de fogo, munições, celulares, drogas e dois veículos sendo um deles com restrição de roubo.

“Aos nobres guerreiros do Segundo Batalhao da Polícia Militar o mais profundo respeito e reconhecimento, pela dedicação, abnegação, bravura e espírito de cumprimento do dever, bem como o síncero agradecimento pelas ações efetuadas, que dignificam o ideal policial militar de servir e proteger a sociedade com o sacrifício da própria vida”, disse o Secretário de Segurança Paulo Cézar.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários




Outras Notícias

Veja Também