“Uma bagunça sem tamanho”, classificou Sinhasique ao assumir secretarias de estado


Segundo a secretária, houve um desperdício muito grande de recursos financeiros, principalmente na secretaria de pequenos negócios

LAMLID NOBRE, DO CONTILNET

Secretária de Empreendedorismo e Turismo (Sete) no governo de Gladson Cameli (Progressistas), a ex-deputada estadual Eliane Sinhasique (MDB) classificou como “bagunça sem tamanho” a situação com a qual se deparou nas secretarias de estado que acaba de assumir: a secretaria de pequenos negócios (Sepn) e a secretaria de turismo do governo anterior que, na reforma administrativa da atual gestão se fundiram em uma única.

“É difícil ó! Quase 400 mil reais de débitos com fornecedores; veículos “desaparecidos”, danificados, inutilizados; construção em andamento que liga nada à lugar nenhum; prestação de contas sem conclusão; máquinas e equipamentos sem documentação dos beneficiários… uma bagunça sem tamanho!”, declarou Sinhasique.

Sinhasique é secretária de Pequenos Negócios/Foto: reprodução

Segundo a secretária, houve um desperdício muito grande de recursos financeiros, principalmente na secretaria de pequenos negócios. “Pessoas que não tinham vocação para determinados negócios, foram treinadas, receberam equipamentos, mas não houve acompanhamento. Muitos equipamentos não se sabe a quem se entregou, pois os termos de cessão estão sem assinaturas. Mas sabemos que tem muita coisa que foi entregue, ficou sem manutenção e acabou sendo abanadona. ”, acrescentou.

Sinhasique informou que umas de suas primeiras missões é árdua pois irá mexer com pessoal para reduzir os custos que chegam a R$ 2 milhões, em 40 %. O numeral de 116 cargos comissionados diminuirá para 55.

“A proposta é sermos mais eficientes, valorizando os servidores efetivos que terão que se adequar ao novo momento. ”, avisou.

Com uma estrutura enxuta formada por duas diretorias e quatro departamentos, os principais eixos do plano de trabalho da nova secretaria são: negócios, eventos, empreendedorismo, artesanato e turismo

Eliane Sinhasique disse que tem muita coisa a fazer e mesmo com tantos problemas encontrados, está entusiasmada com a pasta.

 “Quando eu vejo os problemas não foco neles, mas procuro as soluções. Com fé e com o apoio e compromisso dos servidores efetivos estamos arrumando a casa.”, concluiu.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também