Após 12 anos de mandato, Ney Amorim deixa presidência da Aleac: “É preciso gratidão”


"Eu olho para o futuro sempre com muita esperança. Eu quero continuar ajudando o nosso povo do Acre", declarou

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Após 12 anos como deputado estadual, passando pelos cargos de líder de bancada, primeiro secretário da Mesa Diretora e o primeiro presidente eleito e reeleito por unanimidade, Ney Amorim finalizou os trabalhos na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), na última quinta-feira (31), desejando sucesso aos novos deputados.

“O fim de uma jornada será o inicio de outra. Seguir sempre em frente para cumprir nossa missão, é preciso gratidão”, destacou Amorim.

Ney AMorim foi deputado por 12 anos?Foto: reprodução

O ex-parlamentar deixa a casa do povo aos 42 anos, contudo, mesmo após a derrota nas eleições, ele é considerado um dos maiores articuladores políticos do estado, tanto que, detêm respeito dos parlamentares de situação do governo e de oposição.

O Menino da Baixada, como é chamado pelos seus apoiadores e admiradores, foi candidato ao senado no último pleito e obteve a confiança de mais de 115 mil acreanos. Demostrando uma grande força na capital e no interior, o ex-deputado garante que continuará ajudando as pessoas mesmo sem mandato.

Um grane articulador político, Amorim detêm respeito dos parlamentares de situação do governo e de oposição?Foto: cedida

“A política é um caminho de transformação de vidas. Ela serve para mudar para melhor as pessoas. Essa é a missão mais importante do poder público. Eu olho para o futuro sempre com muita esperança. Eu quero continuar ajudando o nosso povo do Acre e trabalhar por ele, me dedicando como sempre me dediquei ao longo de todos os dias dos meus mandatos, na Assembleia Legislativa. Sabe, busquei sempre auxiliar o maior número de pessoas. E onde eu não poderia ajudar eu não atrapalharia nunca. Foi assim que eu exerci o poder”, explica o parlamentar.

PROJETOS

No Acre, Ney colaborou para o surgimento de novas leis, como a que permite a inclusão social de pessoas com Síndrome de Down no mercado de trabalho. A legislação permitiu a mães e pais de Down vencerem barreiras que possam impedir essas pessoas de uma vida plena, cheia de felicidade.

Ney Amorim e o filho, portador de Down/Foto: reprodução

No parlamento, Ney Amorim apresentou projeto de lei que criou a ‘Semana de Conscientização sobre a Síndrome de Down’, além do ‘Programa Estadual de Orientação sobre a Síndrome’, voltado para profissionais das áreas de educação e saúde.

Por meio de outro dispositivo que também virou lei, Ney permitiu que as mães de recém-nascidos portadores de Down tenham hoje mais facilidade na realização de exames de eletrocardiogramas em seus bebês e mais rapidez nos diagnósticos.

Ainda na Assembleia, o parlamentar garantiu vaga de trabalho para pessoas com Down, em cargos comissionados. Como exemplo de que é possível a inclusão, o presidente da Aleac contratou, pela primeira vez na história do Legislativo, os jovens Francisco das Chagas e Seleny de França, ambos Down, para fazer parte do quadro de servidores do Poder Legislativo.

Francisco das Chagas e Seleny de França, ambos Down, fizeram parte do quadro de servidores do Poder Legislativo/Foto: reprodução

Ao longo dos três mandatos, que iniciou no ano de 2007, Ney Amorim ficou reconhecido pela atenção às comunidades que é uma marca de sua gestão, e se estende para além das ações imediatas. Por isso, o foco são ações que permitam construir um alicerce seguro e eficiente socialmente para todos. Um exemplo disso são os auxílios para a construção de igrejas, sem distinção de denominações religiosas.

Amorim sempre teve um olhar voltado para quem mora no interior do estado. Outra característica do ex-deputado é a boa relação que teve com todos os prefeitos, independentemente de cor partidária.

“É nos municípios que vivem as pessoas e para onde os investimentos públicos devem se voltar, com melhorias para a vida da nossa gente. O Acre precisa de uma agenda que contemple com políticas públicas as populações dos municípios, sobretudo, as mais distantes, e chegou a hora do Congresso valorizar os nossos prefeitos. Não dá mais para vermos cenas deprimentes como a Marcha dos Prefeitos, todo ano, em Brasília, com os nossos amigos de todo o país, com pires na mão, pedindo ajuda ao governo federal”, declarou.

“É nos municípios que vivem as pessoas e para onde os investimentos públicos devem se voltar”

Destaque nacional

A política de austeridade empreendida por Ney Amorim à frente da Mesa Diretora da Assembleia foi destaque no  em vários veículos de comunicação pelo país.

“A Assembleia Legislativa do Acre deu um belo exemplo para o restante do Brasil e enxugou um pouco sua máquina pública. O Estado cortou, entre outros benefícios, o auxílio-moradia, alimentação, saúde e o auxílio-paletó de seus deputados estaduais”. Foi assim que o Diário Carioca, jornal fluminense, abriu a notícia de que o Poder Legislativo acreano é hoje um dos mais austeros do país, com benefício para toda a sociedade.

Bibliografia de Ney Amorim

Ney Amorim é um representante da nova política, que carrega no coração a expressão mais honrada de lutas do pai, o ex-vereador e líder comunitário, é casado e pai de três filhos, mas sobre a boa política, Ney Amorim aprendeu cedo: ainda aos 12 anos. Em 2004, colocaria pela primeira vez o seu nome como candidato a vereador de Rio Branco. Em 2014, foi eleito para o terceiro mandato consecutivo de deputado estadual com a maior votação da história do Acre. Foram incríveis 10.213 votos. E para a Mesa Diretora, numa eleição igualmente histórica, tornou-se presidente por decisão unânime dos 24 deputados.

Atuação de Ney foi destaque nacional?Foto: reprodução

Num gesto de preocupação com os servidores públicos, o deputado garantiu também a execução do maior programa de pós-graduação do Acre, com mais de 10 mil vagas oferecidas, numa parceria com o Instituto InFoco.

O auxilio-bolsa estudo de graduação e pós-graduação aos servidores efetivos do quadro permanente da Aleac, garantiram que milhares de pessoas possam ter oportunidade de se preparar para o Enem e ingressar num curso de nível superior.

Em sua gestão, Ney Amorim garantiu o fortalecimento do trabalho das Comissões, com a realização de audiências e reuniões, em Rio Branco e no interior do Estado. Com isso, deu voz à população e leva serviços básicos às comunidades mais afastadas, mas essenciais para as famílias.

O parlamentar também implantou a TV Aleac, que transmite ao vivo os trabalhos do Legislativo. Criou ainda o Prêmio de Jornalismo do Legislativo, para valorizar o trabalho da imprensa acreana. Tudo isso fez com que seus três mandatos viessem destaque na Assembleia Legislativa, fato reconhecido pela imprensa e por lideranças políticas, inclusive de oposição.

Prêmios recebidos

*Em 2015 recebeu o prêmio “Político Destaque do ano” e o título de ‘Engenheiro Honoris Causa’ pela Engenharia Nacional.

*Em 2016 foi homenageado pelo Comando da Polícia Militar com a “Medalha de Honra ao mérito Guardiões da Estrela Altaneira”.

*Em 2017 foi agraciado com a “Medalha da Ordem da Estrela do Acre no Grau Grande Oficial”, uma das mais altas honrarias concedidas pelo governo do Estado.

*Recebeu menção honrosa do Tribunal de Contas do Estado do Acre, na sessão solene alusiva aos 30 anos de criação da corte.

*Foi homenageado pela Academia Acreana de Letras como benemérito do quadro social.

Reconhecimento dos servidores da Aleac

O deputado Ney Amorim finalizou os trabalhos da legislatura 2015/2018 e recebeu uma homenagem do Sindicato de Servidores da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). Em sessão solene, marcada pela emoção e momentos de homenagens, o presidente do Poder Legislativo agradeceu o reconhecimento e destacou que o sucesso de sua gestão à frente da Casa é fruto da união e trabalho mútuo entre os deputados.

Entre as homenagens recebidas está a dos servidores da Aleac/Foto: cedida

Com uma faixa erguida em frente à casa do povo, os servidores agradeceram ao presidente Ney Amorim por seu espírito democrático e forma de conduzir a Casa, e pelos 12 anos de trabalho prestados ao Poder Legislativo acreano. Eles destacaram que o presidente engrandeceu o serviço público e a valorização dos funcionários.

“Eu acabei recebendo uma homenagem que nem estava esperando. Quero agradecer a todos que se fizeram presentes, meu querido amigo Manoel Moraes, que tão bem exerceu a 1° secretaria desta Casa. Quero registrar que todas as vezes que tive que me ausentar, eu entreguei minha caneta a ele e não me arrependo de absolutamente nada. Assim como a deputada Maria Antônia, 2° secretária, que exerceu com toda maestria e força da mulher que chegam a superar as nossas. Chagas Romão, meu amigo, que se despede da vida política após 26 anos como deputado estadual. Ele é a voz da experiência, pois viu e viveu esse parlamento, sendo conselheiros de todos os demais deputados”, enalteceu.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também