Rio Branco, Acre,





Daniel Zen diz que volta dos atendimentos no ambulatório do Pronto Socorro foi um retrocesso


Para Zen, a iniciativa foi um erro dos representantes do atual governo

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

O deputado estadual Daniel Zen (PT), disse no pequeno expediente da sessão plenária da Assembleia legislativa do Acre (Aleac), na manhã desta quarta-feira (6), que é contrário à volta dos atendimentos ambulatoriais do Pronto Socorro de Rio Branco. Para Zen, a iniciativa foi um erro dos representantes do atual governo.

Daniel Zen/Foto: reprodução

O líder do PT no parlamento enfatizou que a volta dos atendimentos acabou superlotando o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). “Não se pode misturar os atendimentos emergenciais com atendimentos ambulatoriais, pois isso acaba superlotando o local ainda mais”, destacou.

O petista disse que a situação está pior do que na gestão do governo anterior. “Aquilo lá está uma sucursal do inferno. A situação retrocedeu para 20 anos atrás, pois na época não existia Upas”, disparou.

O parlamentar sugeriu uma solução aos comandantes da saúde estadual. “Devem lotar os médicos não locais e organizar a escala dos profissionais”, explicou Zen.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários




Outras Notícias

Veja Também