Rio Branco, Acre,


Família de policial acreano que sofreu AVC em RO promove rifa beneficente em Rio Branco

Prêmio inclui R$ 500 em dinheiro e bolo de chocolate; sorteio será no dia 5 de março

“Meu marido e eu saímos de férias no dia 14 de novembro do ano passado. Quando chegamos em Cacoal (RO), no dia 15, vivemos os piores momentos de nossas vidas. Ele começou a passar mal no hotel em que estávamos hospedados, e logo nos vimos correndo contra o tempo para leva-lo até Porto Velho. Desde então, passamos por um momento de provação.”

O relato é de Elizabete Barbosa Miranda, 51 anos, residente da Capital acreana. Em entrevista à equipe do site ContilNet, ela detalhou os momentos de dificuldade que passou ao lado do marido, o policial Silas Magalhães Miranda, 51, que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico e isquêmico durante as férias do casal.

“Ele foi internado e permaneceu 11 dias na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Meu filho nos encontrou lá para me acompanhar, e após um período de 30 dias, com apoio da Polícia Militar, pudemos transportá-lo para Rio Branco”, disse Elizabete.

Desde o retorno para Rio Branco no dia 15 de dezembro do ano passado, toda a família enfrenta esta nova realidade. “Graças a Deus ele já foi liberado para retornar ao nosso lar. Ele também foi liberado do uso da sonda, mas agora os outros tratamentos não podem parar: fonoaudiólogo, fisioterapia, acompanhamento médico e remédios… Todos são importantes na recuperação dele”, destacou a esposa de Silas, que já apresenta melhoras no lado esquerdo do corpo, afetado pelas sequelas do AVC.

Para ajudar no custeio dos tratamentos e da medicação, a família está promovendo uma rifa beneficente na Capital acreana. “Esperamos que o máximo de pessoas possam nos ajudar. Não está sendo fácil, mas com fé estamos conseguindo superar as dificuldades. Ele está apresentando uma extraordinária melhora”, relatou Elizabete.

Quem quiser participar da rifa ou puder colaborar com doações de qualquer tipo, basta entrar em contato através do telefone (68) 99951-7965.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Últimas Notícias

Recomendado para você