Rio Branco, Acre,





Parceria entre Prefeitura e Uninorte amplia atendimento medico à população


As consultas com especialistas serão realizadas no Ambulatório Integrado de Ensino da Uninorte, localizado em anexo do Santa Juliana. 

ASCOM PMRB

Por meio de parceria com a Uninorte e o Hospital Santa Juliana, a Prefeitura de Rio Branco vai ampliar o atendimento na área da saúde e ofertar consultas com especialistas. Serão 4.608 consultas por mês em áreas como pediatria, ginecologia e obstetrícia, psicologia e nutrição. Consultas de pré-natal de alto risco, bem como consultas e tratamentos de doenças genéticas raras também serão ofertadas no ambulatório. As consultas com especialistas serão realizadas no Ambulatório Integrado de Ensino da Uninorte, localizado em anexo do Santa Juliana.

Parceria Uninorte e prefeitura/Foto: Fagner Delgado

A ampliação do atendimento à população foi possível graças a um Termo de Cooperação entre a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), e a Uninorte, assinado no último dia 4. O Termo estabelece que 43 alunos do 9° período do curso de Medicina da instituição farão o internato de dois anos no ambulatório anexo ao Hospital Santa Juliana, atendendo pessoas que serão encaminhadas pela SEMSA, por meio do departamento de regulação da secretaria.

O treinamento dos alunos foi realizado durante toda essa semana. O atendimento ao público inicia a partir da próxima segunda-feira. As consultas dos médicos alunos serão realizadas sob supervisão dos preceptores – médicos professores da Uninorte.

O ambulatório no Santa Juliana receberá pacientes com problemas que não podem ser resolvidos nas unidades de saúde do município, sendo que tudo será feito por meio da regulação da SEMSA. “O Termo de Cooperação é um grande ganho porque poderemos encaminhar para cá pacientes que precisam de consultas de especialistas, como pediatras, ginecologistas e psiquiatras.  Aqui serão atendidos casos de pré-natal de alto risco, de neonatologia, que não encontram resolução nas unidades de saúde”, ressalta Sulamita Guedes, responsável pela regulação.

O coordenador do Curso de Medicina da Uninorte, médico Amsterdã Sandres, cita que “todos ganham com esse convênio: nossos alunos, que atendem e ao mesmo tempo aprendem com os preceptores especialistas; o hospital que ganha qualidade; a Prefeitura, que amplia vagas, e principalmente a população, que terá atendimento especializado em várias áreas”.

Guilherme Nakamura, aluno de medicina que vai iniciar as consultas a partir da próxima semana conta que se sente preparado “no curso de medicina somos preparados para o atendimento ao público desde o primeiro período. Aqui teremos maior autonomia e será enriquecedor. Vamos fazer nosso melhor para que a população conte com o melhor serviço de saúde possível”, relata.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários




Outras Notícias

Veja Também