Rio Branco, Acre,





Produtores pedem criação de selo de qualidade para açaí produzido no Acre


Um novo encontro entre deputados e produtores deve ocorrer na terça-feira com a presença do Vigilância e da Saúde Municipal

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Os deputados estaduais receberam na tarde desta quinta-feira (7), os produtores de açaí em Rio Branco, para discutirem medidas a serem tomadas que possam amenizar os prejuízos na comercialização do produto na capital, após a divulgação de contaminação do  produzido no Mercado Elias Mansour. Segundo os trabalhadores, se não for tomada uma providência, eles podem ir à falência.

Reunião na Aleac ocorreu nesta quinta?Foto: Contilnet

Na opinião do comerciante Milton Pinto, a situação está tão crítica, que após a divulgação pela Secretária Municipal de Saúde, os produtores não vendem mais nada. “Ninguém toma mais açaí, nem mesmo os senhores tem coragem de tomar nessas atuais condições”, questionou. Em resposta, Edvaldo Magalhães retrucou “eu tenho sim”.

os produtores pedem ainda que seja criado o selo de qualidade do produto. “Exigem da gente um valor alto para produzirmos, porém, nenhum de nós tinha condições para fazer isso”, reclamou Genival Rebouças.

Estiveram presentes na reunião, os parlamentares, José Bestene (PP), Roberto Duarte, Meire Serafim (MDB), Jenillson Leite e Edvaldo Magalhães (PCdoB).

Solução para os produtores

Após as inúmeras reclamações dos comerciantes, os deputados presentes, chegaram a um entendimento, proposto por Roberto Duarte, e aceito pela maioria. “O Roberto propôs e eu concordo em chamarmos a Vigilância Sanitária e o secretário municipal de Saúde, para discutimos de onde surgiu esse produto infectado”, destacou Jenilson Leite.

O encontro deve ocorrer na próxima terça-feira (12), na sala de reuniões da Aleac.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários




Outras Notícias

Veja Também