Rio Branco, Acre,





Rio Acre se aproxima dos 15 metros na capital; Rio Juruá já afeta 7 mil famílias em Cruzeiro do Sul


aumento do volume de águas na capital, ocorre em função da situação de vazante na região do Alto Acre

CARINA MENEZES DO CONTILNET

Como previsto pelos órgãos de monitoramento, o nível do Rio Acre permanece subindo em Rio Branco. Neste sábado (9), as águas subiram mais de 30 centímetros atingindo a marca de 14,98 metros, conforme medição feita às 06h pela Agência Nacional de Águas (ANA). O manancial está 98 centímetros acima da cota de transbordo que é de 14 metros.

Rio Acre/Foto: Pedro Devanir

Segundo a coordenação de Defesa Civil Estadual, o aumento do volume de águas na capital, ocorre em função da situação de vazante na região do Alto Acre. Em Assis Brasil, por exemplo, o manancial baixou 77 centímetros, conforme medição deste sábado quando apresentou 3,94 metros. Em Brasileia, as águas também baixaram, chegando a 5,30 metros, conforme medição das 6h. Em Xapuri, o rio continua baixando o volume, registrando nesta manhã 9,23 metros.

De acordo com a Defesa Civil, três famílias tiveram que ser retiradas de suas casas, na última quinta-feira, 7, e foram abrigadas em casa de parentes. Os bairros Baixada da Habitasa, Seis de Agosto, Ayrton Senna e Triângulo, primeiros afetados pela enchente do Rio Acre continuam sendo monitorados por equipes da Defesa Civil.

Rio Juruá

O Rio Juruá, que alcançou a marca de 13,83 metros na manhã deste sábado (9), já tem causados diversos transtornos à população de Cruzeiro do Sul. As águas já afetaram mais de 7 mil famílias, além de cinco escolas e três postos de saúde, que ficam em bairros alagados, na segunda maior cidade do Acre.    

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários




Outras Notícias

Veja Também