Rio Branco, Acre,

Iapen investiga se agentes facilitaram fuga de presidiário de dentro de UPA

Três agentes são investigados para saber se facilitaram a fuga em boicote à administração do órgão

O diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC), Lucas Souza disse, nesta segunda-feira (18), ter mandado abrir sindicância, através da corregedoria do órgão, para apurar a fuga do presidiário Clemison Costa Souza, 22 anos, na madrugada de domingo, das dependências da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Segundo Distrito, em Rio Branco (AC). Três agentes do Iapen, cujos nomes são mantidos em sigilo, que deveriam fazer a guarda do preso, deixaram que ele escapasse pelo basculante do banheiro da unidade de saúde.

De acordo com Lucas, o preso, com suspeita de ter contraído tuberculose nas dependências do presídio Francisco D’Oliveira Conde (Foc). O preso estava internado sob custódia para o atendimento médico e, na madrugada de domingo (17), pediu para ir ao banheiro. “Ao que parece, a partir daí, ele fugiu pelo basculante do banheiro”, disse o diretor.

Clemison Costa Souza está condenado por homicídio e cumpre pena desde 2017. O diretor negou que a fuga tenha a ver com problemas que ele vem enfrentando com os membros da categoria. “Tenho mantido sempre diálogo aberto com a categoria e não creio em boicote. Mas, de qualquer forma, vamos apurar, através de sindicâncias já instauradas por nossa corregedoria”, disse.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários