Rio Branco, Acre,


Festival Katxa Nixi será realizado em maio

Os festivais indígenas têm se tornado um atrativo para turistas brasileiros e de outros países

Um momento para agradecer pela fartura na colheita e pedir aos espíritos da floresta que a vida seja sempre abundante e também para elevar o pensamento, curar e se conectar com a força da natureza. Estes são os propósitos do primeiro Festival Katxa Nixi que será realizado entre os dias 5 e 12 de maio na Aldeia Reino da Estrela, terra indígena do Alto Rio Jordão, localizada no Jordão.

Dentre os atrativos da programação estão o Katxa Nawa que é uma festividade tradicional Huni Kuin, onde se celebra a fartura na colheita dos legumes e também faz-se o pedido para que todos Yuxibus conservem a abundância, e a celebração do Nixi Pae (cipó forte), nome Huni Kuin para a Ayahuasca. “Nessa proposta, teremos a valiosa oportunidade de compartilhar desses dois ritos que fazem parte da cultura do nosso povo”, destacou Isarewe Huni Kuin.

/Foto: Ascom

Além do Katxa Nawa todos os dias da programação e cerimônias de Nixi Pae em dias específicos, também fazem parte do conjunto de atividades: Feitio de Nixi Pae, Rapé, Sananga, banho de plantas medicinais, pintura corporal, visita ao Parque Shunu, visita ao Centro Casa Dieta e a visita à Aldeia Coração da Floresta (Aldeia do sábio ancião Pajé Dua Busã).

Os festivais indígenas têm se tornado um atrativo para turistas brasileiros e de outros países, em razão disso, cada vez mais os povos indígenas têm se mobilizado para compartilhar experiências e apresentar a cultura local, transmitindo conhecimentos adquiridos por meio das gerações.

Para mais informações sobre o festival acesse: www.gruposdeviagem.com ou pelo telefone (68) 99916-1000.

/Foto: Ascom

Fortalecimento do turismo nas aldeias

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Empreendedorismo e Turismo, tem trabalhado em parcerias com as lideranças indígenas para elaborar um roteiro de turismo específico para cada aldeia.  A elaboração do documento será feita por um turismólogo que irá visitar cada localidade e formatar em conjunto com representantes locais, de acordo com suas especificidades, esse roteiro de atividades para os turistas.

“Temos um potencial extraordinário, mas precisamos de organização. Precisamos divulgar, mostrar nossos diferenciais. A roteirização é essencial para o fortalecimento econômico da atividade”, destacou a secretária de Empreendedorismo e Turismo, Eliane Sinhasique.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias