Rio Branco, Acre,





Professora tem arma apontada para a cabeça durante assaltado, bandido atira, mas gatilho falha


Socorro Pinheiro foi assaltada por volta das 5h40 da manhã desta quarta-feira (10)

REDAÇÃO CONTILNET

Mais uma acreana foi vítima de assalto enquanto esperava o ônibus para seguir para a escola que dá aula, em Rio Branco. A professora Socorro Pinheiro foi assaltada por volta das 5h40 da manhã desta quarta-feira (10) enquanto aguardava o coletivo.

De acordo com a vítima, um casal que trafegava em uma moto, parou em frente ao ponto e a abordou pedindo o celular. Devido ao susto, Socorro conta que se atrapalhou para entregar o aparelho, e a dupla arrancou a bolsa de suas mãos levando todos os documentos e demais itens que estavam dentro, inclusive o telefone.

Segundo a professora, eles estavam portando arma de fogo e chegaram a puxar o gatilho, mas felizmente a arma não disparou. Depois eles fugiram se desfazendo da bolsa logo a frente, levando com eles somente o celular da vítima.

Pinheiro usou sua página no facebook para fazer o desabafo e relatar o horror que vivenciou enquanto esteve na mira dos criminosos. “Sem palavras para descrever o que estou sentindo nesse momento, mas a palavra é MEDO!”, escreveu.

Socorro Pinheiro relatou o horror que viveu  na mira dos criminosos em sua rede social/Foto: Reprodução

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários




Outras Notícias

Veja Também