Rio Branco, Acre,


Trabalhadores da saúde suspendem greve e governo promete analisar exigências da categoria

A greve ficará suspensa pelo prazo de 30 dias, onde nesse período, será debatido as reivindicações juntamente com o governo

Os servidores da saúde do Acre decidiram suspender a greve inciada nesta terça (2) pelo prazo de 30 dias. A manifestação durou poucas horas, tendo em vista que o governo se reuniu com representantes da categoria para ouvir suas reivindicações.

Servidores durante ato na frente da Assembleia Legislativa do Acre na manhã desta terça/Foto: Juan Diaz

Ao secretário de Saúde, Alysson Bestene, garantiu que irá analisar e negociar as exigências dos servidores e pelos próximos 30 dias, todas as questões serão debatidas entre o sindicato e o Estado.

Adailton Cruz, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac), informou que um documento enviado pelo secretário de Saúde, garante à categoria que nenhuma demissão dos trabalhadores do Serviço Social de Saúde (Pró-Saúde) será autorizada pela pasta e há ainda a possibilidade da volta daqueles que foram demitidos.

Servidores lutam, em especial, contra a demissão dos funcionários do Pró-Saúde/Foto: Juan Diaz

REIVINDICAÇÕES

A principal reivindicação da categoria é em relação aos servidores do Serviço Social de Saúde (Pró-Saúde). O Sintesac luta para que nenhum seja demitido pelo atual governo. Adailton diz que o sindicato busca uma regulamentação oficial. Entre as outras reivindicações estão a reformulação do Plano de Cargos e Carreiras e Remunerações (PCCR) e a terceirização de alguns serviços de saúde.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up