Rio Branco, Acre,





Vereadora de Tarauacá nega uso de cota combustível, mas admite seu nome em ação


Reportagem do ContilNet é motivo de manifestação de parlamentar, a qual, no entanto, não desmente o conteúdo da publicação.

REDAÇÃO CONTILNET

A vereadora Janaina Furtado da Rede Sustentabilidade do Município de Tarauacá, diante de denúncias e uma série de notícias envolvendo os parlamentares do município, especialmente referente a questão de despesa com combustível, vem à público esclarecer o seguinte:

1 – No dia 1 de janeiro de 2017, a parlamentar tomou posse para assumir o seu segundo mandato, sendo que em seguida a câmara entrou em recesso.

2 – No início de março, retornou aos trabalhos e apresentou um oficio (001/2017), à mesa diretora da casa, abrindo mão da cota de combustível;

3 – Mesmo tendo apresentado o ofício em 16 de março de 2017, desde janeiro de 2017 até a presente data, Janaina não usou combustível financiado pela câmara e já informou a justiça sobre isso;

4 – As ações que foram protocoladas na justiça pedindo o fim da cota e a punição dos vereadores que usaram o combustível, foram assunto da imprensa local e estadual, geraram muita polêmica na opinião pública e colocaram os vereadores sob suspeita.

5 – Quanto à inclusão de seu nome na ação popular mesmo não tendo usado as cotas de combustível, a pedido dos magistrados que analisam o caso, Janaina não vê nada de extraordinário, a não ser uma boa oportunidade de provar que não fez uso de combustível financiado pela câmara no período em questão;

6 – Por fim, a mesma aguarda manifestação da justiça para promover sua defesa e confirmar o que hora esclarece.
Tarauacá-Acre, 07 de abril de 2019.

Janaina Furtado

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários




Outras Notícias

Veja Também