Rio Branco, Acre,


Após ter morte cerebral, jovem aguarda protocolo para doação de órgãos e ter aparelhos desligados

Regiane Ferrari da Central de Transplantes, informou que o resultado do protocolo deverá sair ainda nesta quinta

O jovem João Vítor Gomes da Silva teve morte cerebral confirmada na UTI do Pronto Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco na noite de quarta-feira (22). Ele sofreu uma tentativa de homicídio no último fim de semana e não resistiu. No entanto, os aparelhos continuam ligados aguardando o término do protocolo da Central de Transplantes da Secretaria de Saúde do Estado do Acre (Sesacre) para saber quais os órgãos devem ser doados. Após os trâmites legais, os aparelhos serão desligados.

Jovem teve morte cerebral detectada?Foto: reprodução

Contudo, segundo a Sesacre,  a equipe médica precisará se reunir com a família para informar o resultado dos exames e saber a decisão quanto a doação dos órgãos.

Desta forma, enquanto não dos aparelhos não forem desligados, João Vítor é considerado um homem vivo. Seu coração ainda pulsa, o sangue circula, ele se alimenta pelas veias e a barba continua crescendo. A família agradece as manifestações de pesar e de solidariedade, mas informa que ainda não existe a confirmação de um horário para o desligamento dos aparelhos e para o início das preparações da cerimônia fúnebre.

Em contato com Regiane Ferrari, da Central de Transplantes da Secretaria de Saúde do Estado do Acre (Sesacre), fomos informados que o resultado do protocolo deve sair ainda nesta quinta-feira. “Assim que o protocolo de morte for fechado é que devemos desligar os aparelhos, uma vez que já teve morte cerebral decretada”, explicou Ferrari.

regina disse que caso a família não queria realizar a doação, a equipe médica terá total respaldo para desligar os aparelhos que estão mantendo seus órgãos vitais vivo. João Vitor foi vítima de tentativa de homicídio no último fim de semana, em Rio Branco.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias