Rio Branco, Acre,


Cameli protocola projeto que libera R$ 94 milhões para recuperação de ramais

Força-tarefa da equipe de infraestrutura permitiu que recursos empacados na gestão passada comecem a ser liberados para obras ainda neste verão

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, protocolou nesta terça-feira, 21, projeto na Caixa Econômica Federal no Acre, para a liberação de cerca de R$ 94 milhões que serão uados na recuperação dos ramais em todo o estado. O aporte de recursos faz parte de emendas de bancadas, disponibilizadas ainda no passado para a administração estadual e que seriam perdidas até o início do segundo semestre, se não houvesse um esforço concentrado para buscá-los junto ao banco.

Gestores, engenheiros e técnicos da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra) e do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre), com o apoio da Fundação de Tecnologia do Estado do Acre (Funtac) promoveram uma força-tarefa para concretizar o projeto, que inclui um levantamento minucioso das estradas vicinais em todo o Acre, o potencial de produção da agrícola e outras razões por que devam ser recuperados, para entregar à Caixa. A instituição é responsável pela análise e viabilização dos recursos.

/Foto: Reprodução

“Agora, vamos poder melhorar a vida dos nossos ribeirinhos, por exemplo, permitindo-lhes escoar a sua produção. Isso será possível graças ao comprometimento de nossa equipe ao desemperrar recursos que seriam devolvidos”, comemorou o governador Gladson Cameli.

“Íamos perder quase R$ 100 milhões para a recuperação de ramais. Isso algo inadmissível”, ressaltou Cameli, ao entregar o projeto nas mãos do superintendente da Caixa no Acre, Victoran Costa e do executivo Ramon Santos, gerente de Filial de Governo da instituição.

/Foto: Reprodução

Ao lado de Thiago Caetano, secretário titular da Seinfra, e de Ítalo Medeiros, presidente do Deracre, o governador Gladson Cameli entrega o projeto ao banco com quatro dias de antecedência do prazo final previsto em lei para o protocolo. Depois disso, os recursos seriam perdidos.

“Agora, vamos analisar todos os documentos que também passarão pela análise da Procuradoria e da Defensoria da União. Podem ficar cientes de que nós, da Caixa Econômica, nos comprometemos de dar toda a celeridade necessária para que os recursos sejam liberados o mais rápido possível”, afirmou Ramon Santos.

O objetivo do Governo do Estado do Acre é investir os mais de R$ 90 milhões na revitalização de todos os ramais, sobretudo, os estratégicos para o escoamento da produção agrícola, aproveitando as condições climáticas do verão, que se iniciou na região.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias