Rio Branco, Acre,


Casamento de Eduardo Bolsonaro terá segurança reforçada e exigência de RG

Faltam pouco mais de 24 horas para que Eduardo Bolsonaro e Heloisa Wolf digam o sim na frente de um grupo de seletos convidados. O casamento do deputado federal e da psicóloga é o primeiro evento badalado do clã Bolsonaro após chegar ao poder.

Eduardo Bolsonaro e Heloisa Wolf/Foto: Reprodução

E cientes da curiosidade em torno da cerimônia, os noivos decidiram reforçar a segurança nas ruas de Santa Teresa, no Centro do Rio, e na porta da casa de festas onde irão se casar. Os cerca de 200 convidados terão que mostrar a carteira de identidade na porta e chegar pontualmente até as 16h30 para não atrasar a entrada da noiva, às 17h.

Heloisa Wolf fez bronzeamento artificial antes de casar
Heloisa Wolf fez bronzeamento artificial antes de casar/Foto: Instagram

Nos últimos preparativos, Heloisa esteve na última quinta-feira numa clínica de estética para fazer bronzeamento artificial. A noiva também deu uma clareada nos dentes e vem se submetendo à sessões com a mesma dermatologista de Michelle Bolsonaro. A primeira-dama, aliás, é uma das madrinhas do casal, além de ter dados quase todas as dicas para Heloisa, do cerimonial ao vestido.

A segurança em torno da casa de festas será reforçada
A segurança em torno da casa de festas será reforçada/Foto: Instagram

O traje exigido é o esporte fino e na lista estão poucos políticos. O presidente Jair Bolsonaro vai entrar com a mãe de Helopisa, como manda o protocolo. Eduardo vai se casar com um terno azul claro, colete prata e a gravataestá sendo decidida: rosa ou lilás.

A segurança em torno da casa de festas será reforçada
A segurança em torno da casa de festas será reforçada/Foto: Instagram

Nas redes sociais, internautas contrários ao governo de Bolsonaro programaram algumas manifestações na porta da Casa de Santa Teresa, onde a festa vai até uma da manhã.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias