Rio Branco, Acre,


Em manifestação, indígenas cobram diálogo do governo e criação da universidade Huni Kui

"Estamos propondo um modelo de educação específica com as etnias", diz liderança

Centenas de indígenas da nação Huni Kui, compareceram na manhã desta quarta-feira (22) à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) para cobrar do governo do Estado um diálogo com as instituições estaduais, além de pedir políticas públicas para os povos indígenas.

Indígenas em protesto na Aleac/Foto: reprodução

Ninawa Huni Kui, atualmente presidente da Federação do Povo Huni Kuin do Acre, enfatizou que a manifestação busca chamar a atenção do poder público para os direitos dos indígenas. “Estamos propondo um modelo de educação específica com as etnias, além da criação de uma universidade para a população Huni Kui”, explicou.

A sessão foi suspensa para que os parlamentares pudessem receber os indígenas no centro do plenário da Casa. Na ocasião, o presidente pediu uma secretaria estadual ou um departamento para a classe indígena. “Precisamos de alguém para que nos represente no Estado”, destacou Kui.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A liderança divulgou uma mobilização para a 4ª Assembleia Geral do Etnia, que iniciou esta semana e vai até o próximo sábado (25). Na ocasião, serão discutidas as questões da cultura dos povos indígenas.

“Trazemos hoje para que a sociedade acreana e de Rio Branco conheça um pouco do trabalho que fazemos com o desenvolvimento do estado”, enfatizou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias