Rio Branco, Acre,


Policial envolvido em acidente na Dias Martins responde por morte de menina com tiro de fuzil

A menina foi atingida quando brincava na varanda de sua casa

O acidente que vitimou um casal na Estrada Dias Martins, no último sábado (19), não é o primeiro caso que o Policial Militar Alan Melo Martins é incriminado. Uma outra investigação, ainda em andamento, apura se foi do fuzil utilizado por ele que saiu o projétil que matou uma menina de 11 anos de idade numa operação do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (BOPE) realizada no bairro Preventório, em maio de 2018. A informação foi confirmada pela Major Marta, da Polícia Militar.

Relembre o caso: Criança de 11 anos foi morta no bairro Preventório por tiro de fuzil do Bope, confirma perícia

O policial estava dirigindo o veículo/Foto: reprodução

Em decorrência do acidente, a dona de casa Silvinha Pereira da Silva, de 38 anos, teve a perna dilacerada e, não resistindo ao ferimento, morreu no Pronto Socorro de Rio Branco. O marido dela, José da Silva e Silva, de 48 anos, que conduzia a moto atingida pelo carro do policial, já desgovernado, está internado com ferimentos graves.  As causas do acidente estão sob investigação e policial foi afastado de suas funções no gabinete militar do governador.

Criança foi morta com tiro de fuzil/Foto: reprodução

Sobre a ação no bairro Preventório, além da criança, outras três pessoas foram mortas durante a operação. A menina M.C.S foi atingida quando brincava na varanda de sua casa.  O processo tramita em segredo de Justiça.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias