Rio Branco, Acre,





Angelim diz que não abandonou a política, mas que ainda é cedo para falar em eleições


O ex-prefeito de Rio Branco exerceu a gestão por dois mandatos consecutivos

LAMLID NOBRE, DO CONTILNET

Numa recente pesquisa de opinião sobre a preferência do eleitor para prefeito da Rio Branco, nas eleições de 2020, o ex-deputado federal e ex-prefeito, Raimundo Angelim (PT), apareceu em terceiro lugar na estimulada, com 9 pontos percentuais e 2% na espontânea. Indagado a respeito, ele não confirma, mas também não nega se tem ou não intenção de disputar novamente o cargo no pleito que se aproxima.

Raimundo Angelim já foi prefeito de Rio Branco e deputado federal./Foto: Reprodução

“Não abandonei a política, mas penso com sinceridade que não se deve antecipar as eleições em mais de um ano. Na minha opinião, isso é uma forma de prejudicar, é coisa de oposição e eu torço pela Socorro Neri [atual prefeita] para que a gestão dela dê certo, ela tem trabalhado muito e é isso que a população quer e precisa.”, disse Angelim ao ContilNet.

Desde que concluiu seu mandato de deputado federal, em janeiro deste ano, uma vez que não se reelegeu nas eleições de 2018, Angelim continuou morando em Brasília. A amigos e pessoas próximas ele tem comentado que, atualmente, está em uma espécie de ano sabático (afastamento voluntário do trabalho ou da rotina diária, por um tempo).

“Nesse momento, precisamos fazer uma reflexão, fazer a ‘meia culpa’ e eu, junto com Jorge Viana [ex-senador], o Marcus Alexandre [ex-prefeito de Rio Branco], o Binho [ex-governador] e outros, temos conversado muito sobre os momentos difíceis que o Acre o Brasil estão passando. ”, ponderou Angelim que informou estar acompanhando atentamente a conjuntura política atual, tanto no cenário estadual, quanto nacional.

Angelim em recente encontro informal, em Rio Branco, com Binho, Jorge Viana e Marcus Alexandre./Foto: Reprodução

O ex-prefeito de Rio Branco exerceu a gestão por dois mandatos consecutivos. Tendo sido eleito em 2004 e reeleito em 2008, foi o primeiro a se reeleger no cargo e administrou a cidade de 2005 a 2012. Concluiu o período como o prefeito mais bem avaliado do Brasil.

Se volta ao cenário político para concorrer novamente a prefeito em 2020, Angelim diz que não está pensando nas eleições. “Tudo passa por muita conversa, muita reflexão, mas não podemos pensar somente em política. É preciso trabalhar. Eu continuo pensando no futuro, não só em eleições mas, tendo conversas produtivas sobre como contribuir com a sociedade. Continuo preocupado em construir algo que seja bom para a população e estou na política sim, mas ainda não sei em que posição. Essa definição fica para o momento adequado.”, concluiu.

A pesquisa mencionada é da Realtime Bigdata, encomendada pela TV Gazeta, emissora da Rede Record de Televisão no Acre, divulgada na semana que passou. Foram ouvidos 780 eleitores entre os dias 6 e 7 de junho. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos com nível de confiança de 95%.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também