Rio Branco, Acre,





Família pede doação de sangue para rapaz baleado que encontra-se em estado grave na UTI


A motivação da tentativa de homicídio ainda não foi divulgada oficialmente pela polícia

LAMLID NOBRE, DO CONTILNET

Internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Pronto Socorro de Rio Branco, o rapaz que foi baleado no último final semana em uma festa no bairro Boa União segue em estado grave e a família realiza uma campanha de doação de sangue por meio das redes sociais e aplicativos de mensagens com apelo para salvar sua vida.

Jonh Nash tem 27 anos./Foto: Cedida

Para ajudar, os doadores devem dirigir-se ao Hemocentro de Rio Branco – o Hemoacre – e registrar que o material a ser colhido é destinado a Jonh Nash da Silva Oliveira. O tipo sanguíneo dele é O negativo, mas qualquer outro tipo de sangue é recebido pela unidade.

De acordo com as informações da família, Nash, de 27 anos de idade, perdeu um rim, o baço e parte do intestino grosso, em decorrência dos ferimentos a bala.

Jonh Nash sendo socorrido pelo Samu, no dia da ocorrência./Foto: Cedida

Segundo o informado, ele estava participando de uma festa de aniversário, na noite de sábado (22), em um buffet, na companhia da esposa e dos filhos, quando um homem invadiu o local e dirigindo-se até a vítima sacou de uma pistola e disparou diversas vezes contra o rapaz que acabou atingido com, no mínimo, nove tiros. Em estado grave, Jonh Nash foi encaminhado na mesma noite para a sala de cirurgia do PS do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco, onde passou por um procedimento de urgência e permanece na UTI daquela unidade.

A motivação da tentativa de homicídio ainda não foi divulgada oficialmente pela polícia, mas especula-se que tenha sido por ciúme. Andriele Cunha de Oliveira, de 24 anos, que estava próximo a John também atingida com um tiro na região lombar, encontra-se fora de risco.

 

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também