Rio Branco, Acre,





Gladson entrega novos pavilhões e alojamento para agentes da penitenciária de Rio Branco


Construções que estavam paradas foram recomeçadas graças ao empenho do novo governo em renegociar débitos e valorizar seus servidores e a população

ASCOM

O governador Gladson Cameli entregou no final da tarde desta terça-feira, 25, as obras de ampliação do Complexo Penitenciário Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco, que a partir de agora passa a contar com dois novos pavilhões, aumentando em mais 400 vagas a capacidade para receber detentos.

A obra custou mais de R$ 5,8 milhões, em fonte de recursos próprios, e levou doze meses para ficar pronta. Além dos novos pavilhões, os agentes penitenciários e o corpo da guarda da Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC) ganharam dois alojamentos, um bloco para oficina de viaturas e um posto de lavagem para os veículos. Houve ainda melhorias no sistema de tratamento sanitário e na adequação da rede elétrica.

Entrega foi feita na terça-feira/Foto: ascom

Conforme o governador, as obras, que trarão maior bem-estar aos agentes do Instituto de Administração Penitenciária e à PMAC, foram possíveis graças à política de austeridade com as finanças públicas da sua administração e que vem permitindo reorganizar recursos, alavancando obras que estavam paradas.

“Cada dia [nesse governo] eu aprendo mais. E um desses aprendizados é o de que, captando moeda a moeda, estamos conseguindo atender à nossa população, e aos nossos servidores públicos, com o respeito que eles merecem”, disse Gladson Cameli.

O chefe do Executivo acreano ressaltou que a renegociação dos juros de empréstimos, enxugando gastos e honrando com muita responsabilidade as contas deixadas pelo governo passado está permitindo, por exemplo, que nos próximos quinze dias novas obras estejam começando, como a do contorno do município de Brasileia e Epitaciolândia.

Outras duas importantes construções que já começam no início do próximo mês serão a ponte sobre o rio Acre, no município de Xapuri e ligando a cidade ao bairro Sibéria, e a ponte sobre o rio Iaco para a travessia do Segundo Distrito de Sena Madureira ao centro da cidade.

Novos pavilhões/Foto: ascom

Na área de Segurança, ao menos 100 novas viaturas também estão chegando para reforçar o policiamento em todo o estado, dentro de um aporte de R$ 45 milhões em novos investimentos nas forças policiais.

Nas palavras do vice-governador Major Rocha, o momento pelo qual passa o estado é especial, porque as coisas estão acontecendo. “Várias obras que estavam paradas estão agora caminhando, e, embora a Segurança Pública seja um problema, temos todo o quadro das polícias empenhado a fazer o melhor, em ações que com certeza, ao final desse governo já teremos um Acre de muita paz”, ressaltou Rocha.

Na solenidade, estiveram presentes ainda o prefeito de Feijó, Kiefer Cavalcante, e seu irmão, o deputado estadual Marcos Cavalcante, o também deputado Antônio Pedro, o diretor do Instituto de Administração Penitenciária, Lucas Gomes, o secretário de Estado de Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano, Thiago Caetano, o subcomandante da PMAC, tenente-coronel Douglas Thomaz, além de técnicos das diversas pastas, agentes penitenciários, policiais civis e militares.

Unidades são modernas e à altura dos padrões de segurança exigidos

A um custo de R$ 5.812,351,37, as obras de ampliação do complexo penitenciário de Rio Branco possibilitaram dois novos pavilhões com facilidades só vistas nos grandes presídios modernos do país.

Os dois blocos de vivência coletiva têm capacidade para 400 presos, ampliando a capacidade do presídio, de 1.102 para 1.502 vagas, assim como também conta com quatro celas adaptadas para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, das 52 celas coletivas.

Há ainda um solário com quadra esportiva e jogo de damas, parlatório para os detentos se comunicarem com seus advogados e um quadrante de segurança com controle e acesso aéreo.

No ambiente foi instalado ainda um circuito fechado de TV e vídeo e implantados sensores de movimento, além de um sistema de sonorização.

“Estamos vivendo um novo tempo no Sistema Penitenciário acreano, que por muito tempo foi esquecido, deixado sem importância. Hoje, como resultado abandono, estamos vendo o crescimento do crime organizado. Essa obra, além de contemplar com melhorias os nossos servidores também trará mais conforto aos nossos apenados”

Lucas Gomes

Diretor do Departamento de Administração Penitenciária do Acre

“É uma grande satisfação entregar mais uma obra. É mais um grande passo que estamos dando, entre os muitos que virão, tanto na capital quanto no interior, graças ao arrojo dessa administração estadual”

Thiago Caetano

Secretário de Estado de Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também