Rio Branco, Acre,


Integrante da Banda RPM morre aos 61 anos após quase um mês na UTI

Notícia foi divulgada pelo perfil da banda no Facebook

O baterista do RPM, Paulo Antônio Pagni, o P.A. morreu hoje após ficar mais de 20 dias em estado grave na UTI de um hospital de Salto, no interior do estado de São Paulo. A informação foi publicada oficialmente no Facebook da banda.

O velório e o enterro estarão abertos ao público e ocorrerão amanhã no Cemitério Municipal de Araçariguama, no interior de São Paulo, cidade natal do baterista. O velório será às 8h e o enterro às 12h. No texto, assinado pelos três integrantes remanescentes, Fernando Deluqui, Luiz Schiavon e Dioy Pallone, eles afirmam que P.A. “resolveu definitivamente descansar de sua brava luta pela vida (…) Fomos pegos de surpresa e tomados pela tristeza quando quando soubemos de sua partida há pouco”.

De acordo com a banda, o baterista morreu em decorrência do agravamento das suas condições respiratórias devido a forte pneumonia que o atingiu. A banda está em Garopaba, em Santa Catarina, e informou que fará o show que eles têm marcado para esta noite para uma plateia estimada em 20 mil pessoas. “Por vários motivos e pela honra de nosso irmão, sempre apaixonado pelo seu trabalho e extremamente profissional”

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Últimas Notícias

Recomendado para você