Rio Branco, Acre,


Enfermeiros e médicos de Cruzeiro do Sul são capacitação sobre novos tratamentos para Tuberculose

No Estado, 95% das pessoas que contraem a doença se curam por meio do tratamento

Ao longo dos últimos anos, Cruzeiro do Sul vem reduzindo os casos de tuberculose. Nesta quinta-feira, 3, os médicos e enfermeiros do Município foram capacitados sobre as novas modalidades de tratamento da doença.

A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível que afeta prioritariamente os pulmões, embora possa acometer outros órgãos ou sistemas. É importante que pessoas com tosses persistentes procurem as unidades médicas de saúde. O quanto antes a doença for diagnostica, mais eficaz será o tratamento.

O curso é realizado pelo governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Cruzeiro do Sul. “Temos uma nova forma de diagnosticar e tratar a tuberculose, por isso, reunimos toda a equipe para atualizar os conhecimentos e práticas”, explicou a secretária Municipal de Saúde, Juliana Pereira.

Responsável pelo Núcleo de Doenças Transmissíveis do Estado, Elcenira Farias, observa que a capacitação é de fundamental importância. “Viemos atualizar os profissionais de nível superior sobre a problemática da tuberculose. Nosso objetivo é multiplicar saber sobre o manejo clinico da tuberculose em adulto”, frisou.

No Estado, 95% das pessoas que contraem a doença se curam por meio do tratamento. No Brasil, a tuberculose é um sério problema da saúde pública, com profundas raízes sociais.

“Essas capacitações são de suma importância para qualquer profissional, pois através delas temos conhecimento das alterações dos protocolos da rede de saúde e isso facilita mais o nosso trabalho, bem como a realização de um tratamento efetivo”, endossou a médica Cássia Carvalho.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias