Rio Branco, Acre,


Homem invade casa, entra em quarto e tenta estuprar criança de 7 anos que dormia

Dona de casa dormia no mesmo cômodo e acordou com o homem acariciando as nádegas da menina que já estava sem calcinha

A dona de casa Miracy Vieira de Souza, de 39 anos, moradora de Sena Madureira, comunicou à Polícia Civil do município que um homem desconhecido invadiu sua casa e tentou estuprar sua filha de sete anos de idade. A dona de casa dormia com a criança num dos quartos da casa, localizada na rua Major João Câncio, no bairro do Cafezal, e acordou com o homem ajoelhado perto da cama, bolinando as nádegas da menina, que já estava sem a calcinha. O homem estava encapuzado, escondendo o rosto com a própria blusa e estava de bermuda.

“Tomei um susto ao abrir os olhos e ver aquela cena”, disse à polícia a dona de casa. Aos gritos, ela chamou a atenção da sobrinha Michela Silva de Souza, que dormia em outro quarto. As duas mulheres tentaram segurar o homem, mas ele conseguiu se desvencilhar delas e montou numa moto que havia deixado na frente da residência. O caso ocorreu no último sábado, 5 de outubro – mês dedicado à criança.

Michela Silva de Souza, prima da criança bolinada, disse que a família suspeita que o invasor da residência seja uma pessoa que já conhecia a rotina da casa e o próprio imóvel, uma casa de madeira. “Ele entrou por uma janela que estava apenas escorada e , quando gritamos, ele saiu pela porta da frente. Tinha jeito de que já conhecia a casa”, disse.

Outra suspeita de que o homem é conhecido foi levantada a partir do silêncio dos cachorros da residência. “Eles não latiram. É sinal de que os cachorros os conheciam. Eu não sei quem é, mas, na hora em que minha tia gritou, olhei bem nos olhos dele e, se vê-lo de novo, eu o reconheço”, disse Michela.

As mulheres não moram sozinhas na residência. Miracy Viera é casada, mas na hora da ocorrência, seu marido e pai da criança, não estava em casa. A criança bolinada nem chegou a acordar, apesar de tudo. A polícia está à procura do desconhecido.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias