Rio Branco, Acre,


Prefeitura de Cruzeiro do Sul realiza mutirão de combate e prevenção a dengue

Segundo o vice-prefeito Zequinha Lima, a ação preventiva é necessária no período invernoso

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul, por meio da Secretaria de Saúde, iniciou nesta quinta-feira, 10, o mutirão de combate e prevenção a dengue. A ação que começou pela Várzea vai chegar a 27 bairros de Cruzeiro do Sul. No último ano, a gestão conseguiu reduzir os casos da doença. Com a chegada do período de chuva, é importante que a população se mantenha alerta e não deixe água parada.

O mutirão se estende até 8 de janeiro. Os servidores da saúde levem informações sobre formas de prevenir e sintomas da saúde, fiscalizam as residências para assegurar que não haja criadouros do mosquito, entre outras ações. A atividade é promovida em parceria com a ONG CBCN e vai agregar a mão de obra dos reeducandos.

“Juntos somos mais fortes e, por isso, estamos realizando uma ação conjunta de combate e prevenção a doenças, como a dengue. Contamos ainda com a parceria da Secretaria de Educação, Exército, Marinha, Bombeiros, governo do Estado, pois esse é um problema de todos”, endossou a secretária de Saúde, Juliana Pereira.

Paralelamente ao arrastão educativo, a equipe de limpeza da CBCN atua na higienização das vias públicas e recolhimento do lixo, que deve ser descartado pelos cruzeirenses de maneira adequada. Na Várzea, a limpeza total, roçagem e desobstrução de bueiros se iniciam na segunda-feira, 14.

“Gostaríamos de pedir que os moradores da Várzea retirem os lixos e entulhos de suas residências, para que a equipe recolha. O próximo bairro será o Alumínio, que dia 15 estaremos entrando com o arrastão de educação e saúde e, posteriormente, com os serviços de limpeza e fiscalização”, endossou a coordenadora de Endemias, Mona Araújo.

Segundo o vice-prefeito Zequinha Lima, a ação preventiva é necessária no período invernoso. “Levando em consideração que o país está sem o produto que combate o mosquito, temos que fortalecer os trabalhos de prevenção, educação e saúde, ao mesmo tempo em que realizamos a limpeza das ruas e fiscalização”, afirmou.

Para a moradora da Várzea, Lândia Lima da Silva, receber orientação é fundamental. “Eu já peguei dengue e sofri muito. É importante que todos os moradores evitem água parada e quando a Prefeitura reforça isso, gera conhecimento”, observou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias