Rio Branco, Acre,


ICMBio perde 6 das 11 coordenações regionais; Acre corre risco

Decreto assinado por Jair Bolsonaro mudou a estrutura do órgão que cuida das unidades de conservação

Com uma canetada, o presidente Jair Bolsonaro extinguiu seis das onze coordenações regionais do ICMBio. A medida foi tomada por um decreto publicado nesta quarta-feira (12) no Diário Oficial da União. Agora, as cinco que sobraram passam a ser chamadas de Gerências Regionais.

Com isso, o Acre corre risco de perder um representante da instituição no estado – isso porque o decreto não informa quais unidades serão fechadas e quais serão mantidas. As onze coordenações regionais ficavam nos estados de Roraima, Amazonas, Pará (com duas unidades), Paraíba, Acre, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Goiânia e Minas Gerais.

Em nota, Denis Rivas, presidente da Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Especialista em Meio Ambiente (Ascema Nacional), afirma que a decisão foi tomada sem nenhuma participação dos servidores.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up