Rio Branco, Acre,


Uninorte e prefeitura de Xapuri firmam parceria para internato em Medicina

Município vai receber no próximo semestre rodízio de 42 futuros médicos; prefeito comemora acordo

O Centro Universitário Uninorte firmou, na manhã desta quinta-feira (19), parceria com a prefeitura de Xapuri para a implantação do Internato Rural em Medicina. Voltada para estudantes da primeira turma que estão em fase de conclusão dos estudos, a ação integra a matriz curricular do curso e é etapa essencial para a formação dos futuros médicos.

Mais de 40 acadêmicos participam do projeto, que terá início no segundo semestre de 2020. Eles serão divididos em três grupos de 14 pessoas e cada um desses grupos ficará oito meses atuando em pelo menos sete unidades de saúde situadas nas zonas urbana e rural do município. Médicos farão a supervisão e, ao final do semestre, os estudantes serão avaliados.

PUBLICIDADE

Xapuri conta hoje com apenas cinco profissionais da medicina, escalados pelo programa Mais Médicos. De acordo com a pró-reitora acadêmica da Uninorte, Vanessa Igami, a população da cidade vai colher bons frutos dessa parceria. “A gente se alegra ao ver que a prefeitura abriu as portas para a Uninorte entrar em Xapuri com essa ação. Ela é muito importante também para os próprios estudantes que em breve concluem o curso”.

Prefeito Bira Vasconcelos (de preto) participou da assinatura do termo com representantes da Uninorte / Foto: Liz Estefani

A chegada dos quase médicos ao município foi comemorada pelo prefeito Bira Vasconcelos, que participou nesta quinta da assinatura do termo para a implantação do internato. “Não poderia estar mais satisfeito ao fazer essa parceria com uma instituição gigante, em termos de importância, como a Uninorte. Agradeço a confiança que tiveram na gente”.

O gestor espera que durante o internato alguns estudantes se apaixonem por Xapuri e, após a formação, voltem para contribuírem com a saúde pública da cidade de forma permanente. “Nosso município é especial e tem muito da história do Acre”, afirma Bira.

O internato rural é coordenado pelo médico Amsterdam Sandres, que também participou da assinatura do termo de compromisso. Para ele, essa é uma etapa fundamental na formação dos futuros médicos. “O internato exige que toda a parte teórica aprendida na sala de aula seja colocada em prática, aperfeiçoando o futuro exercício médico. E os espaços onde circulam pacientes são cenários de prática extremamente ricos em oferecer essas experiências”.

Internato terá duração de aproximadamente 24 semanas / Foto: Liz Estefani

Também estão no roteiro dos acadêmicos visitas a seringais e comunidades ribeirinhas localizadas em Xapuri. A alimentação e estadia dos alunos será financiada pela prefeitura. Já a Uninorte arcará com as despesas de deslocamento, entre outras.

De acordo com a coordenadora do curso de Medicina da instituição, a médica Rita Uchoa, o internato vai proporcionar aos estudantes conhecimento sobre a realidade de parte do interior do Acre. “É de extrema importância que nossos futuros profissionais entendam como se faz saúde pública nos lugares mais afastados. E a população desses locais também ganha muito”, finaliza.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

× Faça sua denúncia