Rio Branco, Acre,


“Carne negra é a mais barata”, diz Gleici sobre morte de menino que sumiu após ser baleado

Ele sumiu após ser baleado na barriga e a família encontrou o corpo do garoto no IML

João Pedro Matos Pinto, um menino de 14 anos, foi morto durante uma ação policial no Complexo do Salgueiro, no Rio de Janeiro na segunda-feira (18). Ele sumiu após ser baleado na barriga e a família encontrou o corpo do garoto no IML de São Gonçalo – uma outra cidade, no dia seguinte.

Diversas personalidades se manifestaram na web sobre o caso – dentre elas, Gleici Damasceno. Em uma publicação, ela afirmou que as balas perdidas “têm sempre o mesmo alvo”. “João Pedro era só uma criança brincando dentro de casa. Essas balas perdidas têm sempre o mesmo alvo. A carne mais barata do mercado é a carne negra”, dispara a influenciadora digital.

Um primo de João Pedro publicou um pedido de ajuda que mobilizou as redes sociais ontem. “Gente, pelo amor de Deus, me ajudem. Esse é o meu primo, João Pedro Matos Pinto. Ele tem 14 anos e estava hoje por volta das 16 horas em casa na Praia da Luz, São Gonçalo, Rio de Janeiro. Em uma operação da polícia, os traficantes entraram na casa, os policiais saíram atirando e o atingiram na barriga”, escreveu Daniel Blaz no Twitter. A hashtag #ProcuraSeJoãoPedro foi um dos assuntos mais comentados do dia.

Brazil

Confirmados
595,112
+11,132 (24h)
Mortes
33,038
+491 (24h)
Recuperados
266,132
44.72%
Ativos
295,942
49.73%

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias