Rio Branco, Acre,


Enem 2020: estudantes dividem opiniões sobre o adiamento do exame

A suspensão das provas foi aprovada pelo Senado na terça-feira (19)

O adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 está dividindo opiniões entre estudantes que vão fazer a prova. Para muitos candidatos, a mudança na data de aplicação do exame é a atitude mais sensata. Já outros opinam que o cronograma do Enem deveria ser mantido.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) anunciaram o adiamento do Enem 2020 para 30 ou 60 dias em relação às datas previstas no edital. A decisão veio logo após pressão de estudantes, professores e instituições, e também por conta das manifestações do Poder Legislativo.

De acordo com as organizações responsáveis pela aplicação da prova, a medida segue uma demanda imposta pela sociedade, em razão da dificuldade que muitos candidatos estão enfrentando para estudar durante esse período de pandemia.

Entre os inscritos para o Enem está Mirella Silva Rosa, 38. A auxiliar administrativa é contra o adiamento da prova. Segundo ela, há outras formas de ajudar ambos os lados. “Não achei (o adiamento) uma boa notícia. Na minha opinião, é bem desnecessário. As pessoas podem realizar a prova on-line e para as demais que não têm acesso à internet eles poderiam organizar melhor”, diz ela, que acredita que os estudantes devem se esforçar para fazer uma boa prova. “Depende de cada um deles”, afirma Mirela que deseja cursar Administração.

Vale ressaltar que mesmo havendo o Enem Digital, as provas serão aplicadas em computadores instalados em escolas situadas em diversas regiões do país, como no Enem tradicional. A redação para ambas as modalidades será feita em papel. No Brasil, 4,8 milhões de estudantes não têm internet em casa, de acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Para muitas pessoas o Enem é a oportunidade para o acesso ao ensino superior em instituições públicas e privadas. A estudante do 3º ano do Ensino Médio, Giulia Marques, de 17 anos, é a favor do adiamento. Ela estava matriculada em uma escola particular, mas a mãe cancelou a matrícula por causa da pandemia. Agora, ela estuda por conta própria para prestar o exame. Para Giulia, a decisão de adiar o Enem foi favorável para todos. “Achei positivo o adiamento do Enem porque muitos estudantes seriam prejudicados. Nas escolas particulares, muitos alunos têm acesso à internet, mas essa não é a realidade de muitas pessoas, principalmente dos alunos das escolas públicas, que estão sem aulas”, avalia.

Inscrições do Enem 2020 vão ser adiadas?

Até o momento, as inscrições para o Enem 2020 podem ser feitas até a próxima sexta-feira (22). Até quarta-feira (20), mais de quatro milhões de pessoas já tinham efetuado a inscrição para o Enem.

Contudo, após a repercussão do adiamento da aplicação das provas, o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) entrou com uma ação na Justiça Federal de São Paulo solicitando a prorrogação das inscrições. No processo, o partido pede que o Judiciário suspenda o prazo final para inscrição até que o estado de calamidade seja revogado ou que, ao menos, a situação esteja mais controlada.

Brazil

Confirmados
499,966
+1,526 (24h)
Mortes
28,849
+15 (24h)
Recuperados
205,371
41.08%
Ativos
265,746
53.15%

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias