Rio Branco, Acre,


Ex BBB Marcela revela ter deixado de assumir relacionamento gay por medo do preconceito

A médica falou sobre o assunto no dia internacional de Luta contra a LGBTfobia

Dia 17 de maio é o Dia Internacional de Luta contra LGBTfobia. A ex BBB Marcela falou sobre o assunto e revelou ter deixado de assumir um relacionamento gay por medo do preconceito. “Deixei de assumir uma pessoa que eu gostava muito por medo de como isso iria interferir no meu profissional” declarou.

Ela ainda completou “Queria dizer que estamos juntos nessa luta. Que não será só minha no âmbito pessoal mas também profissional.”

PUBLICIDADE

A médica abriu o espaço de seu Instagram falar de causas importantes “Esse aqui sempre vai ser um espaço de informação e apoio às causas importantes. LGBTQIfobia é crime. Amor é amor. Você é livre para ser quem quiser. Não há cura para o que não é doença”

Não foi a ex BBB Marcela que revelou ter deixado de assumir um relacionamento gay por preconceito. Vários seguidores se manifestaram, deixando seus mais diversos depoimentos. Uma delas revelou “Vivo meu relacionamento com uma mulher escondido por medo de julgamentos”.

Segundo o Grupo Gay da Bahia, 329 LGBT+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) tiveram morte violenta no Brasil, vítimas da homotransfobia, em 2019. Foram 297 homicídios e 32 suicídios. Isso equivale a 1 morte a cada 26 horas.

Assim que entrou no Big Brother Brasil 20, Marcela se declarou bissexual. No reality, em conversa com Victor Hugo, ela afirmou ter dúvidas se não é na verdade uma mulher pansexual.

No reality, Marcela teve um relacionamento com Daniel. O namoro não continuou fora da casa, eles ainda conversam mas seguem distantes por conta do isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus.

Pansexualidade
Os pansexuais não se limitam apenas ao gênero masculino ou feminino ou a uma determinada orientação sexual. Por exemplo, podem se relacionar com transgêneros (indivíduos que nascem com um sexo, mas se identificam com o aposto) ou os intersexuais (pessoas que se identificam com os dois gêneros: masculino e feminino).

Em suma, os pansexuais se atraem por todos os gêneros sexuais, sem distinção e não se limitando à binária de gênero homem/mulher. O conceito considera a atração, por exemplo, por pessoas transexuais e não-binárias (indivíduos que não se compreendem nem como homens, nem como mulheres).

Existe uma ideia equivocada de que os pansexuais sentem atração sexual por qualquer tipo de ser vivo, incluindo animais e plantas. No entanto, a definição de pansexualidade se limita apenas à diversidade de gênero dos seres humanos, nada além disso.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

× Faça sua denúncia