Rio Branco, Acre,


Governador garante a empresários reabertura do comércio ainda este mês

"Não vou mais postergar o decreto", disse Gladson Cameli, em entrevista exclusiva ao ContilNet

Em entrevista ao ContilNet, o governador Gladson Cameli (Progressista) elogiou a manifestação pacífica dos empresários do Acre realizada na última terça-feira (2) pelas ruas de Rio Branco. Cameli considera que o ato é pacífico e justo, mesmo em meio à pandemia do coronavírus.

O gestor, que sempre manteve uma postura favorável ao isolamento social como forma de evitar o contágio da doença, disse que todos os esforços e medidas foram tomadas de modo a garantir o menor número de casos possível. Contudo, em meio ao cenário da doença, existe a necessidade de retomada das atividades.

PUBLICIDADE

“O que tínhamos que fazer foi feito: entrega de novos leitos, decretos, isolamento e demais medidas. Mas o ato foi justo e pacífico. Não vou mais postergar o decreto”, declarou.

O chefe do executivo acreano garantiu que essa medida deve ser tomada com cautela e cuidados necessários, como uso de máscara e de álcool em gel em estabelecimentos públicos e privados. Por isso, a reabertura gradual do comércio e demais segmentos deve ser feita quando houver uma garantia de que o estado dará conta de uma possível demanda de novos casos.

“Assim que entregarmos os hospitais de campanha no Into e em Cruzeiro do Sul vamos ter uma segurança maior nessa decisão”, salientou. Porém, acrescentou que se houver aumento de casos mesmo após a reabertura das atividades, ele poderá decretar novamente o fechamento dos segmentos não essenciais.

Medidas de proteção

Gladson Cameli usou exemplos que vêm sendo implantados em alguns estados, como o Amazonas. O governador mostrou que nos grandes centros as medidas adotadas têm tudo para dar certo. Por exemplo, no shopping, onde há grande concentração de lojas, restaurantes e cinema, ocasionando grande circulação de pessoas, a ideia é que sejam feitas mudanças no controle de entrada. Na portaria poderá haver ticket automático para os clientes, uma triagem para verificar a temperatura dos visitantes, em seguida devem higienizar os pés e mãos com álcool em gel.

Além disso, será feita a desinfecção do estabelecimento, bem como em equipamentos que venham a ser utilizados. Já na praça de alimentação, as mesas devem manter o distanciamento das pessoas e uso obrigatório de máscaras.

Por fim, filas com demarcações devem ser implantadas em cinemas e lojas por exemplo, além de outras orientações que deverão ser seguidos pelos empresários locais. Vale destacar que tais medidas devem ser impostas nos municípios pelas autoridades locais.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

× Faça sua denúncia