Rio Branco, Acre,


Grupo é preso por usar cartões de vítimas para comprar celulares e TVs

De acordo com Polícia Civil, trio agia em mando de detento do Iapen

Dois homens e uma jovem foram presos em flagrante pela Polícia Civil do Amapá nesta quinta-feira (9) suspeitos de estelionato e associação criminosa. A investigação indica que eles participavam de um esquema de compra de produtos usando cartões de crédito de pessoas de outros estados.

Ao todo, o grupo realizou a aquisições que somam R$ 68,5 mil em uma loja de material de construção, eletrodomésticos e eletrônicos de Macapá, informou a polícia. Entre os produtos adquiridos, estão mais de 20 celulares e três televisores. O golpe era praticado no estabelecimento desde 3 de julho.

PUBLICIDADE

Ainda de acordo com a corporação, um detento do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), que cumpre pena por estelionato, entrava em contato com os vendedores da loja por meio de uma aplicativo de mensagens, realiza as compras com os dados de terceiros e o trio fazia apenas a retirada dos produtos.

Até o momento, a polícia identificou três vítimas. Elas são residentes dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte. A investigação, feita pela 7ª Delegacia de Polícia (7ª DP) da capital, apura se outras pessoas foram prejudicadas com o golpe.

Segundo o delegado Leonardo Fabrício Leite, titular da 7ª DP, a polícia descobriu o esquema após denúncia da própria loja, que desconfiou dos altos valores envolvidos e da quantidade de compras, sempre feitas no cadastro de três pessoas específicas.

“Essa empresa entrou em contato, informou de compras suspeitas que estavam sendo feitas com valores muito elevados, na maioria das vezes de forma parcelada. Foi me passado os dados dos cadastros, vi que eram pessoas de fora do Amapá e logo percebi que se tratava de um golpe”, disse.

Leonardo Leite, delegado da 7ª DP — Foto: Victor Vidigal/G1

A polícia foi informada que nesta quinta-feira o grupo iria fazer a retirada de produtos na loja, localizada no bairro Santa Rita, e os agentes ficaram de campana esperando os suspeitos.

Por volta de 15h, o trio foi abordado pelos agentes e encaminhado ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do bairro Novo Horizonte. Foram aprendidos dois celulares e dois televisores.

Os homens, de 32 e 25 anos, e a jovem, de 21 anos, foram autuados por estelionato e associação criminosa. A jovem já tem passagem pela polícia por tráfico de drogas. O grupo será encaminhado para audiência de custódia.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up