Rio Branco, Acre,


Homem multado por festa de luxo é flagrado em festa no motel um dia depois

Ele já havia sido multado em R$ 10 mil, no dia anterior, por causa de festa que fez em uma chácara da cidade

Fiscais da prefeitura de Aparecida e policiais militares multaram pela segunda vez, na madrugada desta quarta-feira, um homem que insiste em organizar festas de luxo – em desrespeito às regras de isolamento social. Este mesmo homem havia promovido uma festa, na terça, da qual participaram jogadores de futebol, DJs e cantores sertanejos. Pelo evento de quarta, no Eros Motel, o homem terá que pagar multa de R$ 20 mil.

A fiscalização ficou sabendo da festa da madrugada de hoje por uma denúncia anônima. No motel, encontrou 25 pessoas na suíte presidencial. Havia bebidas e som alto. “Eram pessoas de classe média alta. Pessoas que deveriam estar dando o exemplo e está contrariando tudo o que foi o prefeito tem pregado”, diz Cláudio Everson, secretário de Meio Ambiente de Aparecida.

Cláudio diz que ninguém usava máscara e, por isso, todos foram multados em R$ 106. Aos policiais, o organizador alegou que não tinha conhecimento da proibição e achou que, se fosse em menor quantidade de pessoas, a festa seria permitida. “A desculpa é sempre a mesma: que não sabia ou não tinha o conhecimento. Além de ser multado, ele também irá responder por poluição sonora e crime de desobediência, por ir contra o que determina o decreto municipal”, diz Cláudio.
O motel alegou que não sabia da festa e que os participantes teriam alugados outras suítes. Vale ressaltar que o funcionamento dos motéis está permitido, mas desde que sejam, no máximo, duas pessoas por quarto e que o cômodo seja alugado apenas uma vez por dia. “Essa justificativa mostra que não é real pois uma suíte presidencial é muito difícil ser usada por duas pessoas, ainda mais com a quantidade de quartos que tinham lá, além da piscina e sauna”, afirma.

Cláudio diz que o motel foi multado em R$ 10 mil e está interditado. Por causa da festa, está sendo avaliado a suspensão do alvará de funcionamento do local. O Mais Goiás entrou em contato com o Eros Motel, mas não obteve retorno até o fechamento da matéria.

 

 

Festa anterior

O homem foi multado na última segunda-feira (6) após uma denúncia anônima revelar a festa que era realizada numa chácara do Jardim Paraíso, também em Aparecida. A festa contava com show ao vivo de música sertaneja e DJs. O local já havia sido notificado sobre a realização de eventos para evitar aglomeração e, por fim, a disseminação do novo coronavírus.

Segundo a prefeitura da cidade, o evento contava com cantores sertanejos e até jogadores de futebol, mas os nomes não foram divulgados. O evento tinha um estrutura luxuosa e foram encontradas narguilés, bebidas importadas e comida japonesa. Foi utilizado spray de pimenta para dispersar a aglomeração de pessoas que se formou nas suítes do local. Foram apreendidos uma mesa de som, dois controladores de DJ, uma mesa de mistura digital e duas caixas amplificadoras.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up