Rio Branco, Acre,


Morre o conselheiro do TCE, José Augusto Araújo, vítima da covid-19

Cameli lamentou a morte de Augusto e lançou uma nota, decretando três dias de luto oficial

Morreu na noite deste domingo (12) o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE), José Augusto Araújo de Faria, no Hospital Santa Juliana, em Rio Branco.

Augusto lutava contra o coronavírus. Ele deixa 7 filhos e a esposa Maria José Maia.

PUBLICIDADE

Augusto é membro do TCE desde 1989, quando foi indicado, à época pelo ex-governador Flaviano Melo. Presidiu a 1ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Acre biênio 2017/2018. Nos últimos meses presidiu a 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Acre.

Augusto com a família/Foto: Reprodução

Sua história no Acre é também atravessada pelo futebol. Augusto era destaque quando o assunto era bola.

O governador Gladson Cameli lamentou a morte de Augusto nas redes sociais e lançou uma nota, decretando três dias de luto oficial no Estado.

Confira na íntegra.

NOTA DE PESAR

É com profundo pesar que o Governo do Estado do Acre manifesta condolências à familiares e amigos e decreta luto oficial de três dias pelo falecimento do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE), José Augusto Araújo de Faria, ocorrido na noite deste domingo (12), no Hospital Santa Juliana, em Rio Branco.

Por sua ética, compromisso e respeito com a legalidade e os princípios da administração pública, José Augusto de Araújo Faria, nos deixa herdeiros do legado de um exímio defensor do direito e da democracia, tendo sido ele um dos primeiros membros da composição do Tribunal de Contas do Estado do Acre, ocorrida no dia 27 de setembro de 1989.

Como Conselheiro-presidente, em 1996, José Augusto Araújo de Faria, criou um novo Regimento Interno, do Tribunal de Contas do Estado do Acre, dispondo sobre a constituição, estrutura, atribuições, competência e julgamento dos processos, normatizando, assim, a organização da Corte baseada na Constituição do Estado do Acre de 1989.

Digno do reconhecimento de sua luta em defesa da legalidade, moralidade, impessoalidade e eficiência no que tange à missão de um guardião do direto público e do bem comum, José Augusto de Araújo Faria, seguirá como exemplo de homem a ser seguido pelas gerações que reconhecerão sua trajetória através dos nomes de honra escritos pela história do Acre.

Que Deus, em seu infinito amor e misericórdia, console os corações de seus familiares e amigos neste momento de dor e tristeza.

Gladson de Lima Cameli

Governador do Estado do Acre

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up