Rio Branco, Acre,


Não se enganem: Apoio do governador à pré-candidatura de Socorro Neri é pra valer

Não se admirem se mais um nome sair do jogo de xadrez nas próximas semanas em Rio Branco

Dedo de prosa

O governador Gladson Cameli terá uma conversa decisiva com a executiva nacional do Progressistas em sua viagem à Brasília nesta terça-feira (14). Como não está brincando de fazer política, seu apoio à pré-candidatura de Socorro Neri (PSB) é pra valer. Não se admirem se mais um nome sair do jogo de xadrez das eleições municipais.

PUBLICIDADE

Em último caso

Embora não seja essa a vontade do governador – ele tem dito a assessores mais próximos – caso o Progressistas insista na pré-candidatura de Tião Bocalom, Cameli pode, veja bem, pode sair do partido.

Frente fria

A depender dos resultados das prosas em Brasília, não será a frente fria anunciada por Davi Friale que vai acalmar os ânimos pelos muros baixo da nossa Rio Branco. O termômetro só tende a esquentar.

MDB e Progressistas

É desconhecimento apostar em união nessas eleições entre progressistas e emedebistas, nem mesmo nos votos para presidência da Assembleia Legislativa do Acre. Os interesses são dissemelhantes.

Assoprando

Depois de fazer várias criticas contra a prefeita Socorro Neri, o ex-secretário de infraestrutura, Thiago Caetano, rasgou elogios ao novo secretário de saúde Osvaldo Leal. Ele elogia principalmente as ações de enfrentamento à covid-19.

Guerra dos números

A campanha nem começou e a guerra dos números está declarada no estilo manda quem pode, obedece quem tem juízo. Cada instituto com uma avaliação diferente.

Professores

Se confirmarem os nomes postos à mesa, teremos pelo menos quatro professores concorrendo ao cargo máximo da política municipal: Socorro Neri, Tião Bocalom, Minoru Kinpara e Daniel Zen.

Bom trabalho

A Senadora Mailza Gomes (Progressistas-Ac) alheia acertadamente a tudo que acontece no seu partido, focada em salvar vidas, destinou R$ 350 mil para prefeitura de Cruzeiro do Sul. Um convênio com a Universidade Federal do Acre, permite a produção de equipamentos de proteção individual.

Casa Amarela

O senador Sérgio Petecão (PSD-AC) tem razão quando fala que sua residência é bem frequentada. Ele recebe todos, indistintamente. Ele passa bem com a esposa Marfisa Galvão, ambos se recuperam da Covid-19.

Articulador

Deputado Moises Diniz acompanha de perto o processo de votação da Assembleia Legislativa do Estado do Acre. A partir de segunda-feira (20) ele senta na cadeira de subsecretário de educação.

Guerra tucana

O vice-governador Major Rocha teve que cancelar sua agenda nesta terça-feira (14) para apagar incêndios dentro do próprio partido. O deputado Cadmiel Bonfim tentou melar a reeleição do deputado Luiz Gonzaga para primeira secretaria da Aleac.

Telefonemas

Durante o fim de semana, o deputado feijoense disparou telefonemas para os colegas pedindo apoio para derrubar Gonzaga. A estratégia era chamada de “alternância de poder” e veio com apoio de membros da executiva estadual do PSDB.

Erro emocional

O vice-governador Major Rocha, que é o criador da pré-candidatura de Minoru Kipnara, à prefeitura de Rio Branco, erra ao chamar o Solidariedade de partido nanico. Erro emocional.

Dois turnos

Vejamos, em uma eleição de dois turnos como está prevista a de Rio Branco, o apoio de uma deputada federal de peso como Vanda Milani pode ser o diferencial, principalmente quando se avalia o peso da parlamentar no Segundo Distrito da capital.

Prego batido

É prego batido e virado a ponta. Nicolau deverá ser reeleito presidente da Assembleia Legislativa do Acre e Luiz Gonzaga primeiro secretário. Pelo menos no parlamento, a dobradinha Progressistas e PSDB continua firme.

Conduta exemplar

Como a coluna tem comentado, é digna a reeleição do deputado estadual Nicolau Junior à presidência do parlamento. Republicano, não se envolveu em nenhum escândalo, faz uma gestão transparente e tem ajudado muito o Acre.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias