Rio Branco, Acre,


Silas Malafaia sofre denúncia de grupo por transfobia no caso Thammy Miranda

O pastor é acusado de transfobia e incitação de ódio contra o ator e a população LGBTI+

A polêmica em torno da campanha do Dia dos Pais da Natura, que será protagonizada por Thammy Miranda, está longe de acabar. Após criticar a decisão da empresa, o pastor Silas Malafaia sofrerá consequências.

Segundo informações do portal UOL, a Aliança Nacional LGBTI+ protocolou uma denúncia crime contra o religioso, nesta quinta-feira (30). O pastor é acusado de transfobia e incitação de ódio contra o ator e a população LGBTI+.

PUBLICIDADE

A denúncia faz referência à mensagem deixada por Silas Malafaia no último dia 28 de julho. “Vamos boicotar a Natura! Coloca uma mulher para fazer papel de homem no dia dos pais. Uma afronta aos valores cristãos. Somos a maioria”, escreveu ele.

Foto:reprodução

“Resta relembrar, conforme poderá se desdobrado em investigação aprofundada, que não se trata de uma afirmação isolada, mas sim de uma sequência de declarações de ódio exaradas pelo representado que verdadeiramente afiam as facas daqueles que cometem crimes de sangue contra a população LGBTI brasileira”, afirma a denúncia.

Ainda conforme a publicação, a ação da Aliança Nacional LGBTI+ pede que o Supremo Tribunal Federal acate o pedido, pois a postagem “constitui crime de homotransfobia”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias