Rio Branco, Acre,


Acre é estado que mais tem riscos de queimadas descontroladas, diz Nasa

Nota de risco é de 85 de um máximo de 100. Outros 3 estados também estão no vermelho

A agência norte-americana Nasa incluiu o Acre na lista de lugares do planeta com maior riscos de queimadas descontroladas em 2020, com nota de 85 de um máximo de 100.

Entre os seis estados brasileiros com chances elevadas de queimadas sem controle, o Acre aparece em primeiro lugar no ranking, à frente do Mato Grosso (82), Pará (82), Rondônia (80), Maranhão (64) e Amazonas (63).

PUBLICIDADE

O tempo seco registrado nas últimas semanas favorece o aumento das queimadas, que são registradas diariamente pelos satélites que cobrem a região amazônica.

O desmatamento recorde dos últimos 11 anos registrado em 2019 também é um aliado do fogo. Naquele período, 706,75km² de floresta foram derrubados no estado. Em 2018, foram 461,10 km², até então o maior desde 2008.

Nos primeiros sete meses de 2020, os focos de incêndios florestais no Acre tiveram aumento de 33% em relação ao mesmo período do ano passado.

O estado foi o segundo da Amazônia a apresentar o maior percentual de crescimento, atrás apenas do Pará (43%). Completam a lista Amazonas (22%) e Mato Grosso (3%).

A prática acontece mesmo sob proibição do governo federal, que editou, no dia 16 de julho, decreto que suspende por 120 dias a permissão do emprego do fogo para atividades agroflorestais.

Além disso, o aumento das queimadas no Acre se dá em pleno período de pandemia de coronavírus. A fumaça pode ocasionar problemas respiratórios na população, especialmente em crianças e idosos, e provocar aumento da procura por unidades de saúde, que, neste momento, estão focadas no combate à covid-19.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up