Rio Branco, Acre,


Acreano Weverton é aclamado por atuação decisiva que deu título paulista ao Palmeiras

Se alguém ainda desconfiava da importância de Weverton para o Palmeiras, mudou de opinião neste sábado

– Goleiro de time grande é aquele que defende aquela única bola do jogo. Goleiro de time aparece nos momentos difíceis.

O técnico Vanderlei Luxemburgo não imaginava que o Campeonato Paulista seria decidido nas cobranças de pênaltis quando elogiou a atuação de Weverton no primeiro jogo da final entre Palmeiras e Corinthians, na quarta-feira.

PUBLICIDADE

Ali, porém, já mostrava a confiança que a comissão técnica do Verdão tem no goleiro, mesmo depois da falha que teve, também num Dérbi, quando o Corinthians venceu por 1 a 0 em Itaquera, no primeiro jogo após a pausa por causa da pandemia.

Se alguém ainda desconfiava da importância de Weverton para o Palmeiras, mudou de opinião neste sábado, no segundo jogo da final do Paulistão. Ele quase defendeu cobrança de Jô aos 49 minutos do segundo tempo, o que evitaria todo o enredo emocionante que veio logo depois. As penalidades foram decisivas não só para o título, mas também para o status do atleta no clube.

Foi pelas mãos de Weverton que o Verdão voltou para o jogo. O pênalti defendido em cobrança de Michel Macedo devolveu a esperança a um time que havia aberto o placar com Luiz Adriano, ficou muito perto do título no tempo normal, mas terminou os 90 minutos abalado pelo gol sofrido na última bola do jogo. A diferença no ânimo dos dois times sugeria um novo desfecho a favor do rival.

Antes de a sombra de Cássio atormentar o lado alviverde após o erro de Bruno Henrique, o goleiro mais uma vez se fez presente ao defender a cobrança de Cantillo. Depois foi só esperar os palmeirenses acertarem o pé para o título ser confirmado.

Em live recente promovida pelo Verdão, Weverton revelou ter Marcos como ídolo. A antiga camisa 21, inclusive, era uma forma de fazer alguma referência ao ex-jogador, que se eternizou no clube vestindo a camisa 12.

No Campeonato Paulista 2020, Weverton foi um pouco de Marcos.

É verdade que ele falhou no Dérbi em Itaquera ainda na primeira fase. Mas se recuperou com duas atuações de destaque nas finais contra o Corinthians e, agora, um degrau acima na luta por uma idolatria em uma posição tão bem representada nas cores verde e branca.

Como disse Vanderlei Luxemburgo, é em jogo grande que um grande goleiro aparece. Sorte do Palmeiras que vai poder continuar contando com Weverton até dezembro de 2024.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up