Rio Branco, Acre,


Chadwick Boseman deixou filme com Viola Davis e cenas inéditas como T’Challa

Ator, que morreu na sexta (28), deixou produções póstumas. Ele interpretou trompetista em 'Ma Rainey's Black Bottom', previsto para estrear em 2020, mas não filmou 'Pantera Negra 2'.

Chadwick Boseman, que morreu na sexta-feira (28), deixou produções inacabadas, mas há pelo menos um filme completo estrelado por ele, prestes a ser lançado.

Produzido por Denzel Washington, “Ma Rainey’s Black Bottom” é uma adaptação da peça de 1982 com o mesmo nome, do dramaturgo August Wilson.

PUBLICIDADE

A história acontece em Chicago nos anos 1920, onde quatro membros de uma banda em um estúdio de gravação aguardam a cantora de blues Ma Rainey (Viola Davis) para gravar novas músicas. Eles lidam com dois produtores brancos também presentes.

Boseman vive um dos protagonistas, Levee, jovem trompetista problemático que tem a ambição de liderar sua própria banda.

A adaptação para o cinema foi escrita por Ruben Santiago-Hudson e dirigida por George C. Wolfe. O filme deve ser lançado ainda em 2020.

E ‘Pantera Negra 2’?

Boseman também tinha presença confirmada na sequência de “Pantera Negra”, lançado em 2018. Mas segundo o site “Entertainment Weekly”, as filmagens ainda não tinham começado, mesmo que o longa já tenha data de estreia: 6 de maio de 2022.

Nas redes sociais, já há uma campanha de fãs para que outro ator não seja escalado para interpretar o T’Challa vivido por Boseman.

Boseman tem algumas cenas gravadas interpretando T’Challa, ainda não lançadas. A série “What If” (“E se”, em tradução livre) deve chegar ao serviço de streaming Disney+ em 2021. A ideia é que cada episódio explore histórias alternativas nos universos da Marvel, se algo tivesse acontecido de modo diferente.

Samurai negro

Outro papel para o qual Boseman tinha sido confirmado é no filme de ação “Yasuke”. Ele viveria o guerreiro de mesmo nome, no século 16, o único samurai conhecido de origem africana.

Yasuke era de Moçambique e foi levado ao Japão como escravo de missionários jesuítas. O primeiro homem negro a ganhar destaque no Japão despertou o interesse de Nobunaga, um guerreiro implacável. Uma relação complexa se desenvolveu entre os dois homens e Yasuke ganhou a amizade, o respeito, espadas e, finalmente, o título de samurai.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up