Rio Branco, Acre,


Defesa de Alan, indiciado pela morte de Jonhliane, faz pedido de revogação da prisão

Defesa entregou o carro de luxo que era conduzido por Alan para que passe por perícia

Os advogados Romano Gouveia e Hugo Conde entregaram no fim da manhã desta terça-feira (18) o carro de luxo que era conduzido por Alan Araújo de Lima, indiciado pela morte da jovem Jonhliane Paiva, de 30 anos, no último dia 6.

O new beetle, o novo fusca, foi apreendido por determinação do juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri Alesson Brás.
O automóvel foi deixado no pátio do Instituto de Criminalística da Polícia Civil.

PUBLICIDADE
Defesa entregou veículo parta perícia/Foto: ContilNet

Segundo informações repassadas ao ContilNet nesta quarta-feira (19), o carro será submetido à várias perícias. O advogado Romano Gouveia disse que assim que recebeu a notificação prontamente entregou o automóvel.

“Deixamos o carro aqui para mostrar que não é um veículo adaptado, turbinado ou rebaixado. E um carro esportivo”, disse Gouveia.

O advogado Hugo Conde, que também atua na defesa de Alan, ressaltou que o novo fusca não apresenta nenhuma avaria nas laterais ou na parte da frente.  O veículo foi flagrado por câmeras de monitoramento na Avenida Antônio da Rocha Viana, possivelmente participado de um racha com a BMW, conduzida por Ícaro Pinto, que atropelou e matou a jovem Jonhliane Paiva.

No início da tarde desta terça-feira (18), os advogados ingressaram com pedido de revogação da prisão preventiva de Alan Araújo de Lima. Um dos argumentos é que a soltura de Alan não representa risco para a sociedade, além disso, os advogados alegam que o estudante em nenhum momento deixou de atender os atos judiciais.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up