Rio Branco, Acre,


Drogas e obscenidade: Ministério da Justiça faz relatório sobre BBB

Relatório foi desenvolvido para analisar se seria preciso mudar a classificação indicativa do reality

O BBB 20 voltou a ser motivo de comentários nas redes sociais, e por um motivo bem inusitado. Mais de três meses depois da final do reality show, o Ministério da Justiça e Segurança Pública divulgou um relatório em que discorre sobre os acontecimentos do programa, apontando amostras de apelo sexual, drogas lícitas, linguagem chula ou obscenidade. Parece até piada, mas não é.

O MJSP se preocupa com a exibição de “drogas” durante o BBB. Babu Santana, por exemplo, é citado diversas vezes no relatório por aparecer em cena com um “cigarro de nicotina”. O relatório também destaca os “goles em drinques alcoólicos” que os participantes davam durante as festas.

PUBLICIDADE

Já o controverso episódio em que o participante Lucas Gallina comenta que “só não comeu [Mari Gonzalez] porque não estava com fome” é citado pelo analista técnico do MJSP como “extremamente machista” – e, nisso, temos de concordar. O documento contextualiza toda a cena descrevendo exatamente o que foi exibido no episódio.

Danças sensuais e palavrões

Para o analista do MJSP, é considerado apelo sexual quando “em frente ao espelho, algumas garotas da casa dançam de forma sensual, rebolando e indo até o chão”, ou quando “algumas participantes se reúnem na hora do banho e entram no chuveiro juntas e começam a passar sabão umas nas outras de forma provocante, mas nitidamente em tom de brincadeira”.

A ocasião em que a campeã Thelma Assis enfrentou Lucas por não ter contribuído com nenhuma estaleca para a compra de mercado da casa foi considerada como linguagem imprópria, pois ela o chamou de “escroto”. A briga entre Bianca Andrade e Rafa Kalimann também foi lembrada pelo “vai se foder” que Bianca falou para Rafa.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up