Rio Branco, Acre,


Ex-miss Acre tenta entrar pela 2º vez na Ufac com vaga para pessoas com deficiência

Hyalina afirma que tem baixa visão desde os 5 anos de idade e que se considera de baixa renda

Após uma forte polêmica no início do ano de 2020, a ex-miss Acre Hyalina Lins Farias, de 21 anos, mais uma vez concorreu a uma das vagas destinadas a candidatos com deficiência para o curso de Medicina da Universidade Federal do Acre (Ufac).

O resultado do Sisu 2020, que saiu nesta terça-feira (11), mostrou o nome da modelo na lista, inserida na modalidade L9, destinada à pessoas com deficiência.

PUBLICIDADE

Após recurso, ex-miss volta a ter matrícula rejeitada pela Ufac ...

Desde o início do ano, Hyalina afirma que tem baixa visão desde os 5 anos de idade e que se considera de baixa renda, também por ter estudado sempre em escolas públicas.

A página que expõe no Instagram alguns fatos curiosos e intrigantes da Ufac, o “spotted_ufac”, destacou a situação da blogueira.

SAIBA MAIS: Novo capítulo: Miss volta a ter vaga destinada a deficiente indeferida na Ufac

“Olha nossa miss aí dnv KKKKKKKKK O BOM DO BRASILEIRO IRMAO, EH QUE ELE N DESISTE NUNCA’, diz a publicação.

Lins publicou uma nota sobre o assunto. 

Sou Hyalina, 21 anos, sou estudante de pré-enem há um ano, solteira, filha de pais separados, minha mãe é professora de geografia na rede pública e sempre foi muito rígida em relação a estudos mesmo sem poder pagar colégios particulares.

Infelizmente desde os 5 anos de idade possuo baixa visão, quadro que se agravou mais ainda com a idade. Atualmente namoro e frequentemente meu companheiro me leva a viagens com ele, fato que não diz respeito a minha renda pessoal e de minha família.

Ao me matricular no exame nacional do ensino médio (ENEM), declarei o que é direito meu por lei e serei submetida a uma rigorosa análise da banca como qualquer aluno, a vaga será cedida para o próximo da lista caso não haja comprovação.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up