Rio Branco, Acre,


Governo vai mudar de lugar posto da Tucandeira para evitar saída irregular de gado

Bovinos têm sido levados do Acre por rotas alternativas e estado deixa de arrecadar imposto

O governador Gladson Cameli (sem partido) anunciou nesta semana que vai mudar de lugar o posto de fiscalização da Tucandeira, localizado nas proximidades da divisa entre o Acre e Rondônia, para evitar a saída irregular de gado do estado.

Alguns transportadores de bovinos têm utilizado rotas alternativas, como ramais, para não passarem pelo posto e assim burlarem o pagamento obrigatório do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

PUBLICIDADE

A nova localização da Tucandeira ainda não foi informada, mas deve ser mais próxima ao estado vizinho, após o fim do trajeto das rotas alternativas. O governo espera que a medida ponha fim ao problema.

De acordo com o Sindicato das Indústrias de Frigoríficos e Matadouros do Estado do Acre (Sindicarnes/AC), um número grande de cabeças de gado tem aproveitado a brecha para ser transportado de forma irregular. Com isso, a quantidade de abates no Acre caiu de 453 mil em 2016 para 416 mil em 2019, segundo dados do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf).

O Sindicarnes considera ainda que esse é o principal motivo para o aumento no preço das carnes. Com menos gado abatido, os frigoríficos, para evitar prejuízos, cobram das casas de carne um preço maior pelo arroba bovino. Os mercados, por sua vez, repassam o preço ao consumidor, que é quem paga a conta final de todo o processo.

O governador informou que já determinou a troca do posto. “Não tem quem faça eu mudar de ideia. Não vou permitir que continue acontecendo esse tipo de coisa. Se um paga, todos têm que pagar. Eu quero esse estado forte, então não tem porque continuar essa situação”.

Ele disse ainda que acionou os serviços de inteligência das polícias Militar e Civil para tomar providências sobre os ramais.

“Às vezes as coisas não acontecem na rapidez que a gente quer porque tem toda uma situação de planejamento. Mas eu quero o quanto antes que a gente possa evitar esse tipo de situação”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up