Rio Branco, Acre,


Quase 50m³ de madeira ilegal é apreendido em área de preservação permanente no Acre

Fiscalização do IMAC e Polícia Militar em Cruzeiro do Sul resultou na prisão de uma pessoa

A Polícia Militar, através do 6°BPM, nesta terça-feira (18), em ação conjunta, envolvendo o Pelotão Ambiental e técnicos do IMAC, atuaram após receber denúncia de exploração ilegal de madeira para fins comerciais na BR 364, próximo a comunidade Lagoinha.

Chegando ao local, a equipe de fiscalização identificou o autor armazenando madeira. Ao ser solicitada a licença ambiental, informou que não a possuía. Ao ser realizada uma vistoria na área, foi constatada a extração de madeira.

PUBLICIDADE

Foi encontrado um ramal aberto no meio da floresta, com a extensão de aproximadamente um quilometro, com vários caminhos para retirada da madeira, sendo encontrado no local cerca de 20m³ de árvores derrubadas e 25m³ de madeira serradas em peças, estacas e tábuas. Pelas características da área, o local é considerado como de preservação permanente.

Mediante os crimes do artigo 38, 39 e 46, parágrafo único, da Lei 9.605/1998, Lei de Crimes Ambientais, foi dada voz de prisão ao autor e conduzido à delegacia de Cruzeiro do Sul para as providências cabíveis.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up