Rio Branco, Acre,


Recurso destinado pela Lei Aldir Blanc contemplará artistas de Cruzeiro do Sul

O município pretende ajudar pelo menos 10 espaços culturais com o montante de R$90 mil

O município de Cruzeiro do Sul foi contemplado com o valor de R$ 580 mil na Lei Aldir Blanc, criada para auxiliar os artistas em razão da pandemia ocasionada pela Covid-19. A Prefeitura de Cruzeiro do Sul, através da Secretaria Municipal de Cultura, tem acompanhado e participando ativamente de todas as discursões da Lei Aldir Blanc, desde o mês de maio.

“Atualmente nós já fizemos todas as ações, credenciando o município para receber os recursos da lei e estamos concluindo os editais que serão lançados nos próximos dias”, destacou o Secretário Municipal de Cultura Aldemir Maciel.

PUBLICIDADE

Os valores serão destinados através de diferentes mecanismos de auxilio cultural para os trabalhadores da área, divididos em três incisos distintos, sendo eles:

1- Para o pagamento de renda emergencial, no valor de R$600 por três meses, que será pago pelo governo do estado através da fundação Elias Mansuor.

2- Em forma de subsídio mensal para os espaços culturais no valor entre R$3 a R$ 10 mil reais, que será deliberado pelo gestor municipal em comum acordo com o Conselho Municipal de Cultura.

3- Além de premiações para artistas e atividades culturais online ou digitais, com processo de seleção realizado através de editais, que serão divulgados pelo município nos próximos dias.

O município pretende ajudar pelo menos 10 espaços culturais com o montante de R$90 mil. Já para o inciso 3, a Prefeitura vai lançar dois editais, sendo um especifico para criação de conteúdos culturais, online ou digital, no valor de R$250 mil, onde cada projeto poderá ganhar até R$3,5 mil . O outro edital é voltado para premiação, tanto do artista, como de espaços, que tenham um reconhecimento cultural e trabalho desenvolvido na cidade, com um montante de R$240 mil, com valor individual de cada prêmio de até R$ 4mil.

De acordo com o Secretário Municipal de Cultura, Aldemir Maciel, desde o início das conversas o município fez questão de envolver em todas as discussões a participação do Conselho Municipal de cultura. Neste processo foi criado o Comitê Gestor de Acompanhamento e Fiscalização da Lei Aldir Blanc, composto por 8 pessoas, sendo duas do poder público, duas da Secretaria de Cultura, duas do Conselho Municipal de Cultura e outras duas representando a sociedade civil.

“Já foram realizadas mais de 10 reuniões nestes últimos dois meses. Estaremos lançando os editais muito em breve”, enfatizou o secretário Aldemir Maciel.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up