Rio Branco, Acre,


Você possui fornecedores ou parceiros de negócio? Esse é o tema da coluna desta semana

Como escolher? O que observar? Mas, independentemente do estágio de maturidade, esse assunto será recorrente

Uma das primeiras perguntas que fazemos no período de idealização de um negócio são sobre os nossos parceiros e fornecedores. Como escolher? O que observar? Mas, independentemente do estágio de maturidade, esse assunto será recorrente, já que esses são agentes importantes no dia a dia da empresa.

Diferenciação de Fornecedores e Parceiros.

PUBLICIDADE

A diferença está no tipo de relacionamento.

O fornecedor tem intenção apenas de fazer a venda do produto ou serviço, ele pensa a curto prazo, entrega apenas o que foi contratado sem desviar o contrato. A relação é inteiramente comercial.

Já nas parcerias é possível desenvolver uma relação que vai além de compra, venda e contrato. Significa trabalhar junto para criar novas possibilidades de negócios, os parceiros propõem contratos flexíveis e se adequam para oferecer o melhor serviço ou produto de acordo com a sua necessidade, dificilmente você terá reuniões de negócios com fornecedores, na grande maioria das vezes essas reuniões serão com parceiros que querem conhecer melhor para ofertar melhor. Com os parceiros é construído um relacionamento pautado em confiança e ajuda mútua, construir esse tipo de relacionamento, principalmente no momento econômico atual em que os negócios se transformam com velocidade, pode significar diferencial competitivo e longevidade comercial.

Foto: reprodução

Vantagens de desenvolver boas parcerias
Vantagem competitiva: sim, os parceiros estão abertos a negociar melhores condições de compra, eles demonstram interesse no seu crescimento. Afinal, eles também são beneficiados com isso.

Aumento da carteira de clientes: é bastante comum que bons parceiros indiquem seu produto ou serviço em sua rede de contatos.

Otimiza processos: os parceiros conhecem seus processos, eles se preocupam em oferecer a melhor solução e as vezes até desenvolvem soluções especificas adequadas as suas características.

Preços diferenciados: os parceiros realizam negociações que possibilitam melhores preços, muitas vezes, em troca, você pode fechar um contrato mais longo ou da exclusividade a ele, com isso todos ganham.

O que observar no momento de escolher parceiros e fornecedores.
Qualidade: de cara, o primeiro quesito. A qualidade do produto ou serviço ofertado precisa estar alinhada com a sua necessidade para todo o restante fazer sentido.

Confiabilidade: pesquise no mercado para quem o fornecedor já vende. Além de investigar a reputação do fornecedor em sites, não é feio contatar quem já comprou dele para obter mais informações.

Pós-venda e serviço de atendimento ao cliente: o fornecedor precisa oferecer um excelente serviço de pós-venda e canais ativos e eficientes para o caso de você precisar contata-lo com urgência.

Capacidade produtiva: será que esse fornecedor terá como te atender na integralidade? Imagine que você recebeu uma grande encomenda ou precise aumentar o estoque, você poderá contar com esse fornecedor? Qual a capacidade de produção dele? Se for inferior à sua necessidade, você pode acabar tendo que fazer um novo contrato, aí serão preços diferente, qualidade diferente, prazos diferentes, enfim, é importante fazer essa análise.

Custo-benefício: Os parceiros devem oferecer preços competitivos, no entanto, nem sempre comprar do mais barato vai ser uma vantagem, esse aspecto diz respeito a relação custo-benefício.

E então você é ou possui parceiros comerciais ou apenas fornecedores? Espero ter esclarecido e levado a reflexão sobre o tema, esse foi o terceiro de cinco temas sobre modelagem de negócio que vamos tratar aqui na coluna. Fica ligado!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up