Rio Branco, Acre,


Bares e restaurantes no Acre estão autorizados a ter música ao vivo a partir desta quinta

O pedido foi feito pelos artistas, que ficaram longe dos palcos por quase seis meses devido às restrições de isolamento social

Foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (24), a autorização do Comitê de Acompanhamento Especial da covid-19 para que bares e restaurantes e outros eventos que estejam aptos a serem realizados na faixa amarela, a modalidade de música ao vivo.

O pedido foi feito pelos artistas, que ficaram longe dos palcos por quase seis meses, em virtude das restrições durante o período de isolamento social em virtude da pandemia do coronavírus.

PUBLICIDADE

Sem poder trabalhar muitos profissionais passaram por dificuldades financeiras, alguns receberam ajuda de outros colegas com cestas básicas, vaquinhas para pagar as contas, alguns organizaram suas lives patrocinadas, mas nada disso foi suficiente.

O movimento se reuniu com o coordenador do Comitê Municipal de Combate à Pandemia do Coronavírus, o médico infectologista Osvaldo Leal, para apresentar um protocolo sanitário que garantisse a segurança aos artistas e consumidores, com o protocolo aceito também pelo comitê estadual, a autorização já entra em vigor nesta quinta e está condicionada às seguintes regras:

I – diminuição do volume de som em 20% do total de decibéis permitidos, conforme licenciamento ambiental;

II – limite de 6 integrantes de grupo musical por apresentação;

III – redução do horário para apresentações musicais ao vivo, cujo limite será de até 22h;

IV – proibição de instrumentos de sopro;

V – criação de uma barreira física (acrílico ou similar) entre o cantor e o público;

VI – distanciamento mínimo de 4 metros entre o cantor/grupo musical e os clientes;

VII – observância obrigatória às demais disposições previstas nos protocolos sanitários municipais.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up