Rio Branco, Acre,


De “cabeça fria”, Neymar afirma que deveria ter ignorado insulto racista

O camisa 10 disse que no futebol os insultos fazem parte das provocações, porém tudo tem limite

O atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, voltou a se manifestar nesta segunda-feira (14/9) sobre o caso em que alega ter sido vítima de racismo durante jogo pelo Campeonato Francês. Em texto publicado nas redes sociais, o camisa 10 afirmou que agora, de “cabeça fria”, analisa que deveria ter ignorado as palavras do espanhol Álvaro González, do Olympique de Marselha, mas lamenta que não conseguiu se conter.

“Deveria ter ignorado? Não sei ainda… Hoje com a cabeça fria respondo que sim. Mas oportunamente eu e meus companheiros pedimos ajuda aos árbitros e fomos ignorados. Esse é o ponto!”, escreveu o jogador. Neymar publicou a mesma mensagem também em inglês, além de ter colocado na sua página no Instagram diversos recados de apoio e também de repercussão sobre o incidente.

PUBLICIDADE

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up