Rio Branco, Acre,


Latam expulsa passageiro de avião por homofobia contra comissário

Comissário pediu que o cliente levantasse a poltrona e foi chamado de 'viado de bosta'

Um passageiro que não teve o nome divulgado foi retirado do voo da Latam, na manhã da última segunda-feira (14), após ofender um membro da tribulação chamando-o de ‘viado’. Por conta do episódio, o avião precisou retornar à base e a Polícia Federal foi chamada.

Segundo testemunhas, o comissário solicitou que o cliente levantasse a poltrona para que a aeronave pudesse decolar. Irritado, o homem, que estava dormindo, teria chamado o trabalhador de ‘viadinho de bosta’.

PUBLICIDADE

Na mesma hora o comissário reportou o ocorrido ao chefe, que foi conversar com o passageiro e também acabou xingado de “outro bosta”. O episódio terminou com o autor das ofensas retirado do voo, que ia de Guarulhos, em São Paulo, para Fortaleza.

A Latam confirmou o caso e disse que repudia ‘veementemente qualquer tipo de ofensa’.

“Esclarecemos que foi solicitado o apoio da Polícia Federal para realizar o desembarque de um passageiro do voo LA3333 (São Paulo/Guarulhos – Fortaleza), na manhã de hoje (14), em função de comportamento indisciplinado. Repudiamos veemente qualquer tipo de ofensa e qualquer opinião que contrarie o respeito e que não reflita os valores e os princípios da empresa. Estamos à disposição. Reforçamos ainda que seguimos os mais elevados padrões de segurança, atendendo rigorosamente aos regulamentos de autoridades nacionais e internacionais”, afirmou a empresa no Twitter.

[Foto: Reprodução/Twitter]

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up