Rio Branco, Acre,

imagem gravida

Maternidade de Feijó deixa de fazer cesarianas e Sesacre diz que vai investigar causa

Alysson Bestene informou que uma equipe da Sesacre será enviada ao município para solucionar a situação

Na sessão remota desta terça-feira (1), da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac), o deputado estadual Marcos Cavalcante (PTB), denunciou que o município de Feijó não está realizando partos por cirurgias, ou seja, via cesariana. Segundo ele, a situação é inadmissível.

“Estive visitando a unidade de saúde aqui em Feijó e descobrimos que a cidade não está realizando os partos por cirurgias, apenas os partos normais”, explicou.

PUBLICIDADE

Cavalcante disse que as mulheres que necessitam de partos via cirurgia, precisam se deslocar ao município de Tarauacá. “Os filhos daqui, que precisam nascer em cesariana, têm que ser em Tarauacá. Quero pedir em caráter de urgência que a Sesacre resolva essa situação. Não dá mais”, declarou.

Resposta da saúde

Em relação a denúncia do parlamentar, o secretário de saúde Alysson Bestene informou ao ContilNet que vai solucionar a situação. “Montamos toda uma estrutura na região. Essa semana vamos encaminhar uma equipe para conversar com os profissionais de saúde e saber os motivos que levam as pessoas a serem transferidos para Tarauacá”, garantiu.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up